Na tarde da última sexta-feira (8), estiveram reunidos grandes nomes do jornalismo esportivo e grandes ícones do futebol, para o “3º Congresso Nacional de Cronistas Esportivos” na sede da Aceesp, em São Paulo (SP).

Os quatro temas abordados foram:

1 – Seleção Brasileira na Copa da Rússia, cujos convidados foram Mauricio Noriega (Sportv / Globo), Flávio Prado (Gazeta / Jovem Pan), Wanderley Nogueira (Jovem Pan), Eraldo Leite (Rádio Globo / ACEB), Marluci Martins (Jornal Extra) e Erick Castelhero (Gazeta / Aceesp).

A maior discussão foi sobre o que mudou após o 7×1 e o que podemos esperar da Copa de 2018. Unanimidade entre os debatedores, a mudança mais significativa apontada por eles foi o ambiente “mais leve” da seleção após a chegada de Tite, um técnico atualizado e responsável por retomar a meritocracia e a volta da esperança de título para muitos torcedores. A discussão não foi só alegria e temas como a desorganização e a corrupção no futebol brasileiro também foram abordados, além de destacarem como o FBI e a INTERPOL interferem nessa “máfia”.

2 – Árbitro de vídeo: As mudanças do futebol no século XXI

O ex-árbitro e atual comentarista de arbitragem da ESPN, Sálvio Spínola, deu uma verdadeira aula ao falar sobre o VAR (árbitro assistente de vídeo, em português), que finalmente será implantado no Brasil e também na Copa de 2018. Ainda esclareceu dúvidas que complicam a cabeça de quem não entende o que é esse novo cargo e quais suas responsabilidades e ações. Se você acha que todos os lances serão motivos para chamar o árbitro de vídeo, errou! Será apenas para quatro tipos de lances: gols, pênaltis, conduta disciplinar que resulte em cartão vermelho e erro de identidade (por exemplo, a expulsão de Gabriel Girotto diante do Palmeiras no Paulista 2017). Será algo inovador e tudo que é novo ainda gera polêmicas e dúvidas para o público. Teremos que aguardar as próximas cenas para vermos o que será do VAR.

3 – Jornalistas x Haters: o mais novo embate, cujos convidados foram Mauro Cezar Pereira (ESPN), Marluci Martins, Eraldo Leite e Paulo Marco Ferreira Lima (Coordenador do Núcleo de Combate ao Crime Cibernético do Ministério Público de São Paulo).
Nesse painel, ficou claro o quanto os jornalistas sofrem com as redes sociais: virou rotina, diante de uma notícia ou opinião postada, surgirem seguidores xingando e ameaçando jornalistas e familiares. Mas, existe um núcleo de combate ao crime cibernético, que é capaz de localizar quem fez as ameaças ou ofensas.
O bate papo ficou por conta de Mauro Cezar, Marlucci Martins e Paulo Marco Ferreira Junior, sendo que os dois primeiros pelos ataques sofridos, o que resultou em diversos perfis bloqueados nas redes sociais – alguns acarretaram até mesmo em processos, e o terceiro com as orientações sobre como proceder em casos como esses. Qualquer pessoa, hoje, tem a chance de recorrer à Justiça e tentar localizar o “agressor” que xingou e ofendeu pela internet.

 

4 – Processos de Credenciamento
No último painel, Douglas Lunardi (diretor de comunicação da CBF) e Bernardo Itri (diretor de comunicação da FPF) explicaram o processo de credenciamento para os jogos em 2018. Um dos pontos mais citados foi o crescimento do número de veículos de imprensa, diante das web rádios e sites diversos, que também ganharam bastante espaço para poder exercer a função de dentro do campo ou nas tribunas direcionadas aos jornalistas.

E a equipe do Futebol Na Veia falou, com exclusividade, com Eraldo Leite, Erick Castelhero e Bernardo Itri. Clique aqui e confira as três entrevistas realizadas por Marcella Azevedo e Anderson Lima.

 

Marcella Azevedo
Marcella Azevedo, 22 anos, leonina, nascida no dia 17 de Agosto de 1994. Não tem frescura, quando o assunto é futebol, tanto que para ela o domingo perfeito é com amigos, futebol e cerveja. Completamente apaixonada, cursa Jornalismo com a inteção de ser uma Jornalista Esportiva e poder mostrar a todos como esse mundo é maravilhoso e que mulher entende de futebol sim. É daquelas mulheres que sempre está na rodinha dos homens na faculdade, comentando sobre o lance polêmico que rolou no final do semana. Daquelas que xinga muito ao ver um escanteio curto e que espera trazer várias novidades para vocês.