O pouco interesse do público e as críticas a cerca da Copa das Confederações já haviam feito a FIFA buscar alternativas e repensar os torneios que a entidade organiza. Desde que assumiu a presidência da entidade máxima do futebol no mundo, Gianni Infantino demonstra interesse de mudar fórmula atual de disputa do Mundial de Clubes que acontece desde 2005. Um dos motivos seria o lucro.

Um novo modelo de disputa foi apresentado ao conselho da FIFA em Bogotá no mês passado e enviado às confederações, uma decisão final vai ser tomada em junho em Moscou, quando a cúpula da entidade se reúne novamente.

Entre as propostas do documento está o aumento de participantes, serão 24 times divididos em 8 grupos, 31 partidas no total e 18 dias de disputa. Fórmula que não agradou em nada as entidades europeias. “Não estamos preparados para fazer nenhuma mudança em nosso calendário”, afirmou Lars-Christen Olsson, presidente da Associação de Ligas Europeias de Futebol Profissional (EPFL, sigla em inglês). Que completou “Também temos muitas ressalvas em relação a conversa sobre expandir o Mundial de Clubes”, disse se referindo tanto ao inchaço da Copa do Mundo quanto ao novo formato de Mundial de Clubes.

Entre as reclamações das ligas europeias é que eles se mostraram flexíveis à FIFA em relação a Copa no Quatar em 2022, quando pela primeira vez a competição será disputada entre novembro e dezembro para evitar as altas temperaturas do verão no deserto. Para isso já foi estudado uma mudança no calendário europeu para o ano da Copa e para eles o novo Mundial apertaria ainda mais o calendário e deixaria os atletas quase sem datas para descanso. É bom lembrar que além da Copa do Mundo e o Mundial, ainda tem a Eurocopa e a recém criada Liga das Nações da UEFA.

O novo torneio substitui a Copa das Confederações que teve sua última edição na Rússia e vista como fracasso de público pela entidade que comanda o futebol e pretende levar aos cofres da FIFA de US$ 650 milhões a US$ 1 bilhão por edição do torneio e seria divido da seguinte forma: 75% para os clubes participantes, 20% para programas de desenvolvimento no mundo e 5% para ligas e clubes não-participantes.

Entenda o novo Mundial de Clubes:

Segundo a proposta da FIFA, até 2020 o mundial continua como conhecemos e somente em 2021 assumiria os seguintes critérios:

  • Será disputado entre junho e julho com duração de 18 dias e 31 partidas no total.
  • Um total de seis estádios serão usados.
  • Substituirá a Copa das Confederações e acontecerá de 4 em 4 anos.
  • 24 clubes vão disputar o Mundial.

CLASSIFICAÇÃO PARA O MUNDIAL:

12 clubes da UEFA: Os campeões e vices das últimas quatro edições da Liga dos Campeões e os quatro últimos campeões da Liga Europa.

4,5 clubes da Conmebol: Os últimos quatro campeões da Libertadores garantidos e os últimos quatro campeões da Sul-Americana fazem um mata-mata para decidir quem disputa uma vaga contra a Oceania.

2 clubes da Ásia, África e Concacaf: Haverá um play-off para decidir as duas vagas de cada uma das confederações. Caso algum time vença duas vezes consecutivas o torneio de seu continente se classifica de forma automática.

0,5 clube da Oceania: Haverá um play-off entre os últimos campeões e o vencedor enfrenta o representante da Conmebol para definir a última vaga ao mundial.

1 vaga do país sede: O país sede não será necessariamente o mesmo que receberá a Copa do Mundo no ano seguinte.

Sorteio:

Os times serão divididos em três potes

  • Pote 1 – Oito times da UEFA serão cabeças de chave.
  • Pote 2 – Os outros quatro da UEFA e os quatro da Conmebol.
  • Pote 3 – O país sede, as demais confederações e o classificado da repescagem.
Avatar
Vinicius Martins
Vinícius Silva Martins, 26 anos, estudante de Jornalismo da PUC GO. Nascido em Goiânia no dia 18 de outubro de 1991, desde muito cedo sou um apaixonado por futebol, e essa paixão aliada ao gosto e vontade de sempre escrever e falar de futebol me levou a escolher o jornalismo como caminho profissional, isso pra mim é como estar dentro de campo, e cada texto é chance fazer um gol.

Artigos Relacionados