Eurocopa 2004: “Luzaço” lusitano

- Portugal chegou a favorito para o torneio, porém perdeu para Grécia na final
Eurocopa de 2004: Grécia Campeã

Estou na preparação para o jogo da Liga dos Campeões contra o Lyon, que acontece na semana que vem, mas antes venho contar sobre a maior decepção da minha carreira: a derrota na final da Eurocopa de 2004, na  coluna do Futebol na Veia O Gajo Conta. Naquele ano, o futebol da minha terra estava em alta, pois o Porto havia vencido a Liga dos Campeões de 2003/04. Assim, chegamos a Copa daquele ano com o propósito de vencer. Entretanto, o título não veio.

O professor era o super campeão Luis Felipe Scolari. Então ele convocou:

Goleiros: Ricardo (Sporting), Quim (Sp.Braga) e Moreira (Benfica)

Defensores: Paulo Ferreira (F.C.Porto), Miguel (Benfica), Rui Jorge (Sporting), Nuno Valente (FC Porto), Fernando Couto (Lazio/Itália), Jorge Andrade (D.Corunha/Espanha), Ricardo Carvalho (FC Porto) e Beto (Sporting)

Meio campistas: Petit (Benfica), Tiago (Benfica), Costinha (FC Porto), Maniche (FC Porto), Rui Costa (AC Milan/Itália), Deco (F.C.Porto), Figo (Real Madrid/Espanha).

Atacantes: Pauleta (Bordéus/França), Nuno Gomes (Benfica) e Hélder Postiga (Tottenham/Ing), Simão (Benfica) e a máquina, lenda, robô eu Cristiano Ronaldo (Manchester Utd./Inglaterra).

TRAJETÓRIA

Logo de cara, fomos enfrentar o país do Aristóteles, Grécia. Na estréia, os Gregos já abriram o placar aos 7′ com Karagounis e aumentaram aos 6 minutos do segundo tempo com Basinas de pênalti. Aos 48 minutos, o maior jogador de todos os tempos diminuiu para os Lusitanos, mas acabamos derrotados. Porém, sem pânico, dá para buscar a classificação.

Segundo jogo contra o país do Putin (que é Presidente até hoje), Rússia. Maniche, abriu o placar aos sete minutos do primeiro tempo. Tranquilizou o jogo e no final da partida Rui Costa garantiu com segundo gol. Vitória que tranquilizou todos, porém, o grupo estava embolado com Espanha e Grécia somando quatro pontos cada.  Na última rodada da fase de grupos, fomos enfrentar nossos vizinhos, a Espanha. Jogo foi duro, tenso, complicado mas com Nuno Gomes veio o gol que nos classificou para o mata-mata, em 1º do grupo A da Eurocopa.

Nas quartas de finais, o adversário foi a Inglaterra. No tempo normal, 1 x 1. Owen marcou para os ingleses e Hélder Postiga empatou. No segundo tempo da prorrogação, aos 5 minutos Rui Costa virou para nós. A classificação estava perto! Só que emoção aguardava a nação portuguesa. Lampard empatou aos 10′. Na disputa de pênaltis Deco, Simão, eu, é claro, Maniche, Postiga e Ricardo acertaram, só Rui Costa errou. Do lado da Inglaterra, David Beckham e Vassell erraram. Assim, por 6 x 5 fomos para próxima fase.

Na semi, o adversário foi a Holanda. Comecei abrindo o placar aos 26 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Maniche fez o segundo. Entretanto, o Jorge Andrade marcou um gol contra. Mesmo assim, conseguimos o passaporte para a final da Eurocopa 2004.

Lisboa, 4 de julho de 2004

O Estádio do Dragão estava lotado, 62.865 pessoas. Tinha tudo para ser uma noite de glória, meu sonho seria concretizado. Entretanto, o primeiro tempo fomos superiores. Tivemos maior posse de bola, comandamos o jogo inteiro. Aos 11 minutos do segundo tempo, Basinas cobrou no meio da área e Charisteas cabeceou para dentro do gol, abrindo o placar a favor da Grécia.

Tratei de correr atrás, três minutos depois chutei de fora da área. Felipão tirou o volante Costinha e colocou o meia Rui Costa. Fomos pra cima! Nuno Gomes em seguida chutou cruzado, forçando Nikopolidis a realizar nova defesa! No final, Figo até chutou para o gol, porém foi desviado pela zaga. E então, o jogo acabou 1 x 0 para o país de Aristóteles e foram campões da Eurocopa de 2004.

Foi uma noite que eu mergulhei em tristeza, pedi a Deus mais uma chance de entrar para a história de Portugal, que eu conseguisse trazer um dia o título para essa linda nação! Que eu conseguisse a redenção  com um título que nem a lenda Eusébio conseguiu. Amém!

Foto destaque: Reprodução/Alain Gadoffre / Onze / Icon Sport via Getty Images.

Kaliel Serafin

Sobre Kaliel Serafin

Kaliel Serafin já escreveu 226 posts nesse site..

Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

BetWarrior


Poliesportiva


Kaliel Serafin
Kaliel Serafin
Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

Artigos Relacionados

Topo