Seleção Brasileira Feminina poderá ter amistoso contra EUA em setembro.

O futebol parou em razão da pandemia de Coronavírus e, com isso, o calendário de datas Fifa também. Assim, a Seleção Brasileira Feminina, que teria dois amistosos em abril, contra Costa Rica e Estados Unidos, acabou com os jogos suspensos. O convite americano foi refeito para que o jogo ocorra em setembro.

No entanto, a CBF aguarda para dar uma resposta. Isso porque o diretor de seleções femininas da CBF, Marco Aurélio Cunha, afirmou em entrevista para o Globo Esporte que não há como garantir a realização. Por isso, o dirigente respondeu à federação americana que aceitaria dependendo do que ocorresse até lá em relação à volta do esporte. Segundo ele, até mesmo as datas Fifa podem ficar comprometidas em 2020 para que os campeonatos ao redor do mundo possam ser concluídos.

“Convidaram para amistoso em setembro. Disse que aceitaríamos, mas dependendo do que ia acontecer. Até porque as datas Fifa estão comprometidas. A Fifa sinalizou que talvez não tenha por causa dos campeonatos vigentes. Claro que alguns terminaram, mas feminino é diferente. Aqui mal começou. Temos que esperar”, explicou.

Calendário do futebol feminino nacional

Sobre o retorno do Campeonato Brasileiro Feminino, que estava acontecendo nas séries A e B, Marco Aurélio Cunha afirmou que a decisão não dependeria apenas da CBF, mas também dos governos estaduais e municipais. Segundo ele, não apenas a prática esportiva precisaria estar liberada, mas também as áreas que atenderiam a logística dos clubes, como malha aérea e hotelaria.

“Há coisas que não dependem da gente. Governos estaduais e municipais têm autonomia de suas regras. Local com pandemia tem o aeroporto fechado. Num outro que não tem aberto, mas esse pode dizer que não quer gente chegando. Estão fazendo um protocolo de recomeço (CBF). E o recomeço depende de toda uma situação ao redor. Política pública. Há uma sequência lógica que envolve o futebol. Não posso dar um start porque o hotel está fechado. Prefeito não liberou. Algo que tem que ser natural – afirmou o dirigente.

Por fim, Marco Aurélio Cunha completou falando que ainda não há uma nova fórmula para o Campeonato Brasileiro Feminino Séries A1 e A2. “Como vai ter fórmula se não tem agenda?”, ressaltou. Apesar disso, a opção de sede única não foi colocada como possibilidade.

Seleção Brasileira Feminina terá jogo reprisado pela Globo

Enquanto as datas oficiais das partidas e campeonatos seguem em definição, os fãs do futebol feminino podem relembrar grandes momentos da Seleção Brasileira Feminina em Campo. Isso porque a Globo irá transmitir neste domingo (10), às 16h, a reprise da partida da final do Pan-Americano 2007, onde o Brasil ficou com amedalha de ouro.

Foto destaque: Leto Ribas/CBF

Avatar
Carla Taíssa
Estudante de jornalismo, escritora e fotógrafa freelancer. Futebol, esportes de velocidade, futebol americano e basquete são suas paixões quando não está escrevendo ou viajando. Conheça suas fotos no Instagram @25springs.

Artigos Relacionados