Al-Sadd-x-Esperance-960x640

Na manhã dessa terça-feira (17) o Estádio Internacional Khalifa, situado no Catar, foi palco para o duelo entre Al-Sadd e Espérance de Tunis. Por certo, a partida era válida pela disputa do 5º lugar. Entretanto, os tunisianos pareciam estarem jogando a final da competição. Os representantes da África não tomaram conhecimento dos cataris e aplicaram uma sonora goleada de 6 x 2. Mohamed Elhouni marcou um hat-trick.

1º TEMPO

Sem dúvida, os tunisianos começaram o duelo a todo vapor. Prova disso foi que o primeiro gol da partida aconteceu com apenas 5′. Depois de uma bate rebate na área dos catari, a bola sobrou para Mohamed Elhouni. O líbio deixou os zagueiros na saudade e bateu firme, sem chance para o goleiro Barsham. Posteriormente, sete minutos depois, Anice Badri aproveitou bobeira da zaga alvinegra para ampliar a vantagem do Espérance. Os Taraji seguiram amassando o Al-Sadd. A saber, o elenco comandado pelo espanhol Xavi Hernández não conseguia sair de seu campo defensivo. Desse modo, aos 25′, a zaga se enrolou mais uma vez e a bola bateu na mão do zagueiro Abdelkarim Hassan. O juíz checou o VAR e marcou pênalti.

Badri chamou a responsabilidade, cobrou a penalidade e sacramentou 3 x 0. A bruxa estava solta, afinal cinco minutos depois, Ilyes Chetti derrubou Akram Afif na área. Mais uma vez o juíz apontou a marca da cal. Baghdad Bounedjah cobrou e diminuiu para o Al-Sadd. Todavia, parecia que o Espérance estava jogando uma final, mesmo com a boa vantagem a equipe não baixou o ritmo. Aos 42′, Anice Badri invadiu a área para marcar o quarto gol dos tunisianos.

2º TEMPO

Se por um lado o ataque Taraji estava vivendo uma noite impecável, por outro a defesa não estava acertando os desarmes. Logo no retorno do intervalo, na marca de 47′, Abdelkader Bedrane fez pênalti, o segundo cometido pelo Espérance. Hassan Al-Haydos cobrou e diminui para o Al-Sadd, 4 x 2. O gol fez Xavi e seu elenco sonharem com uma reação, a equipe saiu em disparada ao ataque. Em uma dessas descidas, o Espérance recuperou a bola, armando um contragolpe de almanaque. Bem posicionado, Mohamed Elhouni recebeu livre na área alvinegra e conferiu. Elhouni deixou seu terceiro tento, ou seja, um hat-trick. Já no apagar das luzes, a zaga do Al-Sadd vacilou de novo e Sameh Derbali empurrou para as redes, 6 x 2 placar final.

E AGORA?

Conforme o triunfo, a equipe do Espérance de Tunis encerrou sua participação no Mundial de Clubes da FIFA na 5ª colocação. Já os catari do Al-Sadd terminaram na 6ª posição do torneio.

MELHORES MOMENTOS

Foto destaque: François Nel/Reuters

Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

Artigos Relacionados