Rafael Borré

Após cumprir o período de isolamento social na Colômbia, o atacante Rafael Santos Borré retornou à Argentina e abordou publicamente os rumores que o vinculam com o Atlético de Madrid pela primeira vez.

Dessa maneira, o colombiano esclareceu que, por hora, não fomenta o desejo de deixar o River Plate.

“Estou muito feliz e tranquilo no River. É uma equipe que me deu muitas coisas. O que chegar (de propostas) precisa ser analisado, mas não tenho pressa para tomar uma decisão”, disse Borré em conversa com o portal argentino TyC Sports.

O jogador de 24 anos possui vínculo com o River até meados de 2021. Questionado acerca de uma possível prorrogação de contrato, Borré disse:

“Sei que o tema do contrato é complexo pelas cláusulas que existem, mas estou tranquilo com o respaldo da comissão técnica e dos companheiros”.

MINÚCIAS DO CONTRATO DE RAFEL BORRÉ

Os direitos econômicos do camisa 19 são divididos em partes iguais entre River Plate e Atlético de Madrid. Por isso, o clube Millionario encontra-se de mãos atadas, uma vez que, para renegociar qualquer acordo, uma equipe deve ter posse de ao menos 75% dos direitos de qualquer atleta.

Sendo assim, caso opte por adquirir os 25% restante, o River deverá desembolsar 3,5 milhões de euros (pouco mais de R$ 21 milhões). Entretanto, tal possibilidade é, de acordo com a imprensa argentina, considera remota.

Existe ainda a possibilidade da excursão da cláusula de rescisão por parte do Atlético. Desse modo, o clube Cochonero, para ficar com a totalidade dos direitos de Borré e contar com seu futebol, deverá arcar com um montante de 7 milhões de euros (cerca de R$ 42,6 milhões).

Rafael Santos Borré desembarcou no Monumental de Núñez em agosto de 2017. Desde então, tornou-se peça-chave no conjunto extremamente vitorioso comandado por Marcelo Gallardo, tendo levando quatro títulos: Copa Libertadores de América, Recopa Sul-Americana e duas Copas da Argentina. Ao todo, realizou 100 partidas, fez 35 gols e distribuiu 13 assistências.

Imagem destacada: Reprodução/FNV

Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

Artigos Relacionados