Encostados por Lampard marcam, e Chelsea vence clássico londrino

- Giroud e Marcos Alonso marcaram os gols que deram a vitória sobre o Tottenham, em Stamford Bridge na Premier League
Giroud e Marcos Alonso, encostados por Lampard marcam e Chelsea vence Tottenham

Em jogo isolado na manhã deste sábado (22), Chelsea e Tottenham fizeram o clássico londrino movimentar a Premier League. Em partida válida pela 27ª rodada, os Blues, outra vez, levaram a melhor sobre a equipe de Mourinho e venceram por 2 x 1. Os gols marcados em Stamford Bridge foram todos por jogados dos anfitriões. Encostados no elenco por Lampard, Giroud fez o primeiro e Marcos Alonso ampliou. Próximo dos acréscimos, Rudiger marcou contra, mas os anfitriões venceram o confronto direto pela briga no G4 por 2 x 1.

1º TEMPO

Jogando fora de casa, o Tottenham foi quem teve a primeira iniciativa de marcar. Após triangulação, Steven Bergwijn ajeitou, Lucas Moura finalizou de fora da área e Caballero teve de defender. O Chelsea respondeu com a boa bola de Marcos Alonso para Mason Mount, que finalizou na entrada da pequena área de Lloris espalmou para escanteio.

Poucos minutos depois, Jorginho fez um excelente passe para Giroud e o francês chutou, seu compatriota afastou com o pé e Barkley finalizou na trave: a bola voltou aos pés do camisa 18 que teve tempo de dominar e concluir a jogada abrindo o placar. Os Spurs ainda tiveram chances de igualar a partida, mas não faltou um pouco de sorte. Assim, com domínio dos mandantes com 64% de posse de bola e nove finalizações as equipes foram para o intervalo com o placar minimo.

https://twitter.com/ChelseaFC/status/1231206058120695810?s=20

2º  TEMPO

Com apenas três minutos de jogo na etapa final, o Chelsea ampliou. Mason Mount fez jogada pela direita e tocou para Barkley, que só ajeitou para Marcos Alonso finalizar forte, de primeira, sem chances para Lloris. Dessa forma, o Tottenham teve de ir ao ataque para ao menos empatar a partida. No entanto, os Blues quase fizeram mais um, se não fosse a conclusão ruim de Thammy Abraham, que Lampard colocou em campo no lugar de Giroud.

Após falta de Lo Celso em Mount na entrada da área, inspirado Marcos Alonso cobrou falta e a bola foi tocou o travessão de Lloris. Há instantes do fim, Lamela tentou tocar para Dele Alli na área, mas Rudiger cortou a jogada marcando contra. Entretanto, não foi o suficiente para a equipe de Mourinho que não teve uma das melhores semanas, já que sofreu um revés para o RB Leipzig pela Champions League, jogando em casa.

https://twitter.com/ChelseaFC/status/1231225274416685056?s=20

E AGORA?

Com este resultado (justo), o Chelsea aumentou a vantagem para o Tottenham para quatro pontos. E agora Lampard terá de concentrar seus jogadores para o próximo duelo, que será na Champions League, contra o Bayern de Munique: na próxima terça-feira (25) às 17h (horário de Brasília). Em contrapartida, podendo ser ultrapassado pelo Manchester United na tabela, o Tottenham terá sete dias de descanso até enfrentar o Wolverhampton, no próximo domigo (1º), às 11h pela Premier League.

MELHORES MOMENTOS

Foto em destaque: Divulgação/Chelsea

BetWarrior


Poliesportiva


Thiago Lopes
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados

Topo