Empresário e torcedor, Mauro Cardím, tem desejo de investir R$ 200 milhões no Bahia

No último sábado (18)  veio uma notícia que não só impactou o futebol brasileiro, bem como mundial. Dessa forma, o ex-atacante, Ronaldo Nazário, foi eleito o novo acionista do Cruzeiro e irá investir R$ 400 milhões no clube. O acordo foi feito por meio da Sociedade anônima do futebol (SAF) e agora, a raposa é um clube empresa. Assim, no domingo (19) o torcedor tricolor e empresário, Mauro Cardim, aproveitou o ensejo e disse que tinha desejo de investir R$ 200 milhões no Bahia.

Entrevista de Mauro Cardim, ao Blog da Tia Cândia

Nesse sentido, Cardim falou em entrevista no Blog da Tia Cândia que esse dinheiro, seria para a compra de 80% do esquadrão.

Pretendo conversar com o Ronaldo Fenômeno que acabou de comprar 90% do Cruzeiro, para fecharmos uma parceria. Não queremos mais a torcida do Bahia rezando para não cair todo ano. Chega de amadores no Esporte Clube Bahia” Afirmou.

Segundo ele, teria como principal objetivo tirar o tricolor de aço da segunda divisão e transforma-lo em um gigante do Brasil. Dessa maneira, seria de médio-curto prazo. A saber, este assunto é cautelosamente tratado por um grupo da Espanha e outro de Portugal. Ademais, Mauro, também quer fechar uma parceria com a Wizards, investidora no basquete, futebol e futebol americano.

Conheça o torcedor que quer comprar o Bahia

Por fim, Mauro Henrique Neves Cardim é soteropolitano de 51 anos. Anteriormente, foi Secretário de Desenvolvimento em gestão do município de Lauro de Freitas. Foi agente de negócios de Pelé, na África nos anos 90 e foi responsável no sucesso do “É o Tchan”. Também, já vimos casos de empresas que investiram em clubes e em menos de um ano, já são considerados grandes. Assim sendo, aqui no Brasil podemos citar o Bragantino.

Comprado pela Red Bull em 2020, o Red Bull Bragantino já se assegura como um dos grandes do brasileiro. Em 2021, foi finalista da Copa Sul-americana, fincou o seu lugar entre os seis primeiros no campeonato e conseguiu classificação inédita para a Libertadores.

 

Foto Destaque: Reprodução/Bahiaço

 

Caio Santos