J-League 2020

Na madrugada deste sábado (12), foi realizada a 32ª rodada da J-League 2020. No entanto, os jogos tiveram poucos gols e muitos empates. Sendo assim, o Sagan Tosu recebeu o já campeão Frontale em uma das poucas partidas que o sistema ofensivo funcionou. Enquanto isso, o  Yokohama FC viajou para enfrentar o Nagoya Grampus com direito a expulsão de brasileiro nos minutos finais. Por fim, a equipe do Cerezo Osaka, jogando em casa, duelou contra o Kashiwa Reysol. Ambas as partidas ficaram sem um vencedor.

J-LEAGUE – 32ª RODADA

Sagan Tosu 1 x 1 Kawasaki Frontale

A cidade de Tosu recebeu a visita do campeão da J-League 2020 para duelar contra o time da casa. Dessa forma, a partida começou fria, e, apenas aos 15′, Akihiro Ienaga obrigou o goleiro do Sagan a se movimentar. Na sequência, o Sagan Tosu conseguiu chegar pela primeira vez ao ataque quando, aos 26′, Riki Harakawa errou o gol por centímetros. Ainda na primeira etapa, Yuta Higuchi acertou a trave com um potente chute quase abrindo o placar para o Frontale.

O segundo tempo começou melhor, e, logo aos 3′, em um bom ataque, a equipe visitante por pouco não marcou. No entanto, após um belo cruzamento de Yasuto Wakizaka, o capitão Shogo Taniguchi  não teve dificuldades para abrir o placar aos 12′. O Frontale continuou no ataque, quando aos 15′, Kaoru Mitoma desperdiçou uma boa oportunidade. Por fim, a equipe do Sagan continuou tentando, e aos 41′, Riki Harakawa lançou a bola na cabeça de Renzo López, que empatou a partida.

Nagoya Grampus 0 x 0 Yokohama FC

Em outra partida realizada neste sábado (12), o 3º colocado Nagoya Grampus enfrentou o Yokohama FC, que está na parte inferior da tabela. A primeira etapa foi muito fraca, tendo apenas algumas jogadas de perigo. Nesse sentido, os visitantes começaram melhor, porém só aos 18′ chegaram com perigo a meta do Nagoya. Já os mandantes tiveram sua única oportunidade em uma falta na entrada da área. No entanto, o goleiro fez boa defesa.

O segundo tempo foi muito melhor. Dessa forma, ainda no início, Matheus fez uma excelente jogada para o Nagoya, porém seus companheiros não aproveitaram a boa arrancada do brasileiro. Na sequência, o Yokohama FC respondeu com um belo chute de Takuya Matsuura, que obrigou o goleiro adversário a sujar suas roupas. A partida continuou sem grandes lances. Contudo, já no fim, Gabriel Xavier, do Nagoya, puxou o adversário dentro da área e foi expulso. No entanto, os mandantes não tiveram prejuízos, e a partida terminou no zero a zero.

Cerezo Osaka 0 x 0 Kashiwa Reysol

As equipes protagonizaram mais um empate na rodada da J-League 2020. A partida começou devagar, mas aos 13′, o Kashiwa Reysol teve uma boa chance com Olunga, que não usou força suficiente no chute. Na sequência, o artilheiro teve outra oportunidade, mas a bola foi para a linha de fundo. O Cerezo Osaka só chegou com perigo aos 32′, quando Tatsuhiro Sakamoto obrigou o goleiro aurinegro a trabalhar. Por fim, o Kashiwa teve uma última chance no primeiro tempo, mas não obteve êxito na jogada.

A segunda etapa começou com ambas as equipes atacando de forma organizada. Logo, aos 27′, após passe errado dos mandantes, Olunga avistou o goleiro adiantado e buscou fazer o gol que Pelé não fez. Mas, se o Rei não conseguiu, o atacante aurinegro também não teve sucesso. Posteriormente, Hiroto Goya efetuou um bom chute, mas o goleiro do Osaka ficou com a bola em mãos. Dessa forma, apesar das tentativas, as equipes não conseguiram movimentar o placar.

Foto Destaque: Divulgação/Kawasaki Frontale

Avatar
Pedro Lopes
Nasci e cresci em Minas Gerais, e aqui realizo um sonho cursando jornalismo na Universidade Federal de Viçosa. A paixão pela comunicação junto com o esporte me move a buscar um futebol cada dia mais democrático.

Artigos Relacionados