Emelec x Cruzeiro – Não desgarrar, ou permanecer invicto na Libertadores

Disparado na liderança do grupo B da Copa Libertadores da América, o Cruzeiro enfrenta o Emelec nesta quarta-feira (3), no estádio George Capwell, em Guayaquil, no Equador. O confronto é parte da programação da 3ª rodada, a última do primeiro turno. Tem início agendado para 21h30 (horário de Brasília). Os mineiros alcançaram os seis pontos possíveis nas duas jornadas iniciais. Os equatorianos, com dois pontos, estão na 2ª colocação. A 3ª posição é dividida pelo Huracan, da Argentina, e Deportivo Lara, da Venezuela, com um ponto.

Emelec

Fazer gol tem sido um grande problema para o Emelec. Nas últimas cinco partidas, o time deixou o campo sem conseguir balançar a rede do adversário em quatro. A mais recente delas foi no sábado (30), pela 7ª rodada da fase de classificação da Liga Pro 2019, o Campeonato Equatoriano. Como visitante, foi batido pelo Independiente del Valle por 1 x 0. Permaneceu, dessa maneira, estacionado nos dez pontos (três vitórias, um empate e três derrotas).

Ocupa a 10ª posição na tabela de classificação do torneio, que tem 16 participantes. Está fora da zona de classificação para os playoffs, que vão indicar o campeão do Torneio Abertura, o primeiro turno. Esse bloco é fechado pelo Barcelona, outro time de Guayaquill, que tem um ponto a mais. Como mandante, o Emelec fez três partidas. Perdeu a primeira e ganhou as duas seguintes. É o nono melhor nesse ranking do Campeonato Equatoriano tendo assinalado quatro gols e sofrido três. Altitude não é problema em Guayaquil.

https://twitter.com/csemelec/status/1113168147274706944?s=21

Provável escalação: Dreer; Paredes, Jaime, Vega e Johnson; Arroyo, Caicedo, Cebezas, Guerrero e Rojas; Ângulo. Técnico: Mariano Soso

Cruzeiro

O Cruzeiro de Mano Menezes, já teve problema semelhante. Mas parece ter sido superado. Nas últimas seis partidas, a Raposa marcou dois ou mais gols em todas elas. No total, foram 18 bolas na rede dos rivais, média exata de três tentos por partida. O time não perde desde 25 de novembro de 2018 quando, pela penúltima rodada do Brasileirão, levou 2 x 0 do Flamengo, em Belo Horizonte. Desde então, ostenta uma série invicta que atingiu 16 partidas com a vitória, por 3 x 2, 2, no domingo (31), pela rodada de ida das semifinais do Campeonato Mineiro. Foram 11 vitórias e cinco empates.

A sequência melhorou de qualidade. Iniciou com muitos empates, mas registrou sete sucessos seguidos nos jogos mais recentes. Nesse cenário, o treinador está tendo até dificuldades para encaixar o meia Thiago Neves, que ficou afastado por lesão. Recuperado, o atleta, que e considerado um dos destaques do time, não tem encontrado espaço para voltar ao time.

Provável escalação: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Egídio; Romero, Henrique, Robinho, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho; Fred. Técnico: Mano Menezes.

RETROSPECTO

Será o primeiro duelo entre as equipes.

Alexsander Vieira
O princípio de que o jornalismo deva ser ensinado e que não é racional deixar que o jornalista se forme por si mesmo.
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados