Em péssima fase econômica e política, Botafogo escolhe novo presidente nesta terça-feira

- Alessandro Leite, Durcésio Mello e Walmer Machado disputam a presidência do Glorioso

Nesta terça-feira (24), o Botafogo passa por eleições para definir o nome do novo presidente do clube. Assim, o comandante assume o Glorioso em 1º de janeiro de 2021 e fica no cargo até 31 de dezembro de 2024. Portanto, será a primeira vez na história do Fogão que um mandatário terá quatro anos de gestão. Dessa forma, a votação acontece de 9h às 21h (horário de Brasília).

Botafogo vive um dos piores momentos de sua gloriosa história. O clube carioca enfrenta enorme crise financeira, graças à péssimas administrações no passado recente do Fogão. Dessa forma, o Alvinegro, que possui uma dívida de aproximadamente R$ 950 milhões, não consegue disputar grandes títulos. Além disso, briga com frequência para continuar na Série A do Brasileirão.

Outro problema que o novo presidente do Botafogo precisará enfrentar é a saída de grandes lideranças do clube. Assim, o principal nome é o de Carlos Augusto Montenegro, que era um dos homens fortes nos bastidores do Glorioso. Dessa forma, o comandante eleito terá que encontrar pessoas de confiança e com influência dentro do Alvinegro.

Três Chapas disputam a eleição no clube carioca, são elas: O Mais Tradicional, liderada por Walmer Machado, Botafogo de Todos, representada por Durcésio Mello, e Todos Pelo Botafogo, com o candidato Alessandro Leite. Dessa forma, a disputa promete ser bem acirrada e com muita emoção.

CANDIDATOS A PRESIDÊNCIA DO BOTAFOGO

Durcésio Mello

O empresário, de 65 anos de idade, é candidato pela Chapa Botafogo de Todos. Assim, conta com o apoio do amigo de infância Carlos Augusto Montenegro para chegar à presidência do Fogão. Dessa forma, Durcésio promete uma gestão com mudanças nas sedes e contratação de um CEO. Além disso, diz que já  negocia a contratação de um novo camisa 10 para o Glorioso.

Walmer Machado

Com 62 anos de idade, o advogado concorre pela Chapa O Mais Tradicional. O grupo declarou que escolheu Walmer por ele ser um botafoguense fervoroso, ter postura independente e ser muito capaz de recuperar a imagem do Fogão e organizar as finanças do clube. Assim, o candidato tem forte apoio dentro do Glorioso.

Alessandro Leite

O representante da Chapa Todos Pelo Botafogo é o atual vice-presidente executivo do clube. Assim, o candidato defende que não deve se apoiar apenas na S/A. Dessa forma, Alessandro aposta em realizar diversos outros meios para tirar o Botafogo da crise econômica que vive.

Foto destaque: Divulgação/Botafogo

BetWarrior

Felipe Tavares
Felipe Tavares
Carioca, apaixonado por futebol. Nunca me vi trilhando uma carreira longe dele. Escolhi o jornalismo para poder trabalhar e viver desse esporte que está no meu sangue. Meu maior objetivo é cobrir uma Copa do Mundo.

Artigos Relacionados

Topo