Em partidas oficiais, quais clubes mais cederam jogadores para a Seleção Brasileira?

Formada pela primeira vez em 21 de julho de 1914, a Seleção Brasileira de Futebol masculino já ultrapassou a casa dos mil jogadores em toda sua história. Neste número, o Clube de Regatas Flamengo é o clube recordista de representantes em jogos oficiais, com 121 atletas diferentes. O rubro-negro carioca acumula uma boa vantagem sobre Palmeiras e São Paulo, equipes que dividem a segunda posição. Confira o top 10:

1 –  Flamengo (121 jogadores)
Primeiro convocado: Píndaro de Carvalho Rodrigues e Nery
Último convocado pela primeira vez: Alex Muralha

2 –  Palmeiras e São Paulo (104 jogadores cada)

Primeiro convocado: Heitor Domingues (Palmeiras) e Arthur Friedenreich (São Paulo)
Último convocado pela primeira vez: Gabriel Jesus (Palmeiras) e Rodrigo Caio (São Paulo)

3 –  Vasco (101 jogadores)

Primeiro convocado: Nelson da Conceição
Último convocado pela primeira vez: Dedé

4 – Corinthians (97 jogadores)

Primeiro convocado: Amílcar Barbuy
Último convocado pela primeira vez: Fágner

5 –  Fluminense (91 jogadores)
Primeiro convocado: Oswaldo Gomes
Último convocado pela primeira vez: Jean

6 –  Santos (85 jogadores)
Primeiro convocado: Arnaldo Patusca da Silveira
Último convocado pela primeira vez: Gabriel Barbosa

7 – Botafogo (83 jogadores)
Primeiro convocado: Rolando de Lamare e Abelardo
Último convocado pela primeira vez: Dória

8. Grêmio (64 jogadores)
Primeiro convocado: Sérgio Moacir Torres Nunes
Último convocado pela primeira vez: Walace

9. Atlético-MG (58 jogadores)
Primeiro convocado: Carlyle Guimarães Cardoso
Último convocado pela primeira vez: Douglas Santos

10. Cruzeiro e Internacional (57 jogadores)
Primeiro convocado: Leonízio Fantoni “Niginho”(Cruzeiro) e Tesourinha (Internacional)
Últimos convocados pela primeira vez: Ricardo Goulart e Everton Ribeiro (Cruzeiro) e Alisson Becker (Internacional)

Jonathan Silva

Sobre Jonathan Silva

Jonathan Silva já escreveu 82 posts nesse site..

Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

BetWarrior


Poliesportiva


Jonathan Silva
Jonathan Silva
Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

    Artigos Relacionados

    Topo