Em jogo truncado, RB Bragantino perde mais uma no Brasileirão

Na noite desta segunda-feira (4), o RB Bragantino recebeu o Botafogo, no Nabizão, pela 15ª rodada do Brasileirão Série A. Dessa forma, com um jogo truncado e cheio de polêmicas, o Massa Bruta perdeu mais uma na competição nacional.

Melhores momentos de RB Bragantino x Botafogo

O jogo

O time da casa foi melhor na primeira etapa, teve maior posse de bola e dificultou a construção de jogadas do Botafogo. A melhor chance do RB Bragantino aconteceu em um cabeceio de Alerrandro, que obrigou Gatito a fazer linda defesa. Enquanto isso, o Botafogo apresentou muitas dificuldades na primeira etapa. Matheus Nascimento não chegou a receber muitas bolas em condições para finalizar. Lucas Fernandes foi o destaque da equipe com jogadas individuais e chutes de fora da área. Porém, para piorar a situação do Alvinegro carioca, Kayque sentiu uma torção no joelho direito e foi substituído aos prantos.

O segundo etapa foi mais agitada, com diversas jogadas e polêmicas.  A equipe da casa teve as primeiras chances com Artur e Luan Cândido, mas ambas sem sucesso. Enquanto isso, o Botafogo respondeu com Lucas Fernandes, que fez boa jogada individual, mas finalizou para fora. Porém, aos 15′, o placar quase mudou após lance de Artur. O camisa 7 do Braga recebeu ótimo lançamento e encobriu Gatito para abrir o placar, mas o VAR anulou.

Em seguida, o time carioca reagiu. Depois de um bate-rebate na área dos mandantes, Léo Ortiz desviou e a bola ficou nos pés de Vinícius Lopes, que não perdoou e abriu o placar. Depois disso, o RB Bragantino criou inúmeras oportunidades de gol, que passaram perto ou foram defendidas por Gatito. Em uma delas, Natan encobriu o goleiro com belo cabeceio, mas novamente o VAR anulou. O VAR também ajudou para analisar um possível pênalti sobre Helinho, que não aconteceu e o juiz mandou a partida seguir, gerando muita reclamação dos donos da casa. Ao fim do jogo, Eric Ramires recebeu cartão vermelho após chutar uma bola em cima de Hugo.

Foto destaque: Divulgação/ Ari Ferreira/ Red Bull Bragantino

Enzo Pires
Tenho o sonho de trabalhar com o que eu mais amo, que é o FUTEBOL. Amante desse esporte desde criança, queria ser jogador, mas como não deu certo, agora eu busco trabalho com isso, só que fora de campo.