Em jogo emocionante, Ajax e Bayern empatam pelo grupo E da Champions

- Na outra partida do grupo, o Benfica venceu o AEK, mas ambos já entraram em campo desclassificados
Em jogo emocionante, Ajax e Bayern empatam pelo grupo E da Champions

Duas partidas fecharam o Grupo E da Uefa Champions League nesta quarta (12). Se por um lado o jogo entre Ajax x Bayern valia a 1ª colocação, a partida entre Benfica x AEK foi disputada apenas para cumprir tabela, já que o time de Portugal estava garantido na 3ª colocação e sem possibilidades ser ultrapassado ou se classificar para as oitavas.

Em um dos melhores jogos desta fase de grupos, a partida entre holandeses e alemães teve de tudo. Defesas espetaculares, duas expulsões, gols nos minutos finais e ainda duas viradas. A outra disputa não foi tão emocionante, mas também teve expulsão e gol nos minutos finais. Confira os detalhes logo abaixo.

CHAMPIONS LEAGUE – GRUPO E – 6ª RODADA

Ajax 3 x 3 Bayern

Os técnico Erik Ten Hag surpreendeu logo na escalação, deixando o time sem um centroavante fixo, com o sérvio Tadic como falso nove, os holandeses vieram no tradicional 4-3-3, sendo o segundo time com menor média de idade (24 anos) da competição, perdendo apenas para o CSKA.  Pelo lado dos visitantes, Kimmich atuou como volante, deixando a lateral para o brasileiro Rafinha. Jogando em um 4-4-2 com Muller e Lewandoswski mais a frente, o time Munique não teve grandes surpresas nos 11 iniciais., sendo a terceira partida consecutiva com a mesma formação.

A partida começou controlada pelos donos da casa, com mais posse de bola e fazendo a saída de bola em um 3-1 (com um dos volantes recuando pelos lados e o outro centralizado, dando liberdade para o laterais avançarem), enquanto o Bayern marcava com duas linhas de 4 e saia rapidamente nos contra-ataques.

No entanto, aos 11′, a primeira oportunidade foi dos visitantes, Gnabry finalizou de fora da área para bonita defesa de Onana, Apenas um minutos depois, o Gnabry deu lindo passe para o  Lewandowski abrir o placar. Apenas Cristiano Ronaldo (7) e Messi (6) fizeram mais gols contra o Ajax pela Champions do que o polonês (5).

O time de Munique continuou aproveitando os espaços cedidos e chegava com perigo. Ao decorrer da partida, Ten Hag percebeu que David Neres não estava rendendo muito pela esquerda e inverteu o brasileiro de lado com Ziyech. Com isso, os donos da casa começaram a criar mais oportunidades. O Ajax não acertava cinco chutes no alvo durante os 90′ desde 11/02 deste ano, contra o Twente. Hoje, acertou cinco apenas no primeiro tempo.

https://twitter.com/FCBayern/status/1072992757231349765

Na volta para a segunda etapa, o time de Amsterdã voltou bem mais equilibrado, segurando mais Van de Beek e Tagliafico. Os visitantes voltaram com a mesma organização do primeiro tempo. A bola continuou com os donos da casa, que criaram perigo logo no começo, depois de linda jogada, Ziyech rolou para Neres que isolou.

Aos 61′ veio o empate, em bela jogada, foram 19 passes trocados antes do gol de Tadic, que recebeu de Van de Beek sozinho na pequena área e apenas empurrou para o gol. Na tentativa de preencher o meio de campo, Niko Kovac colocou o meia espanhol Thiago no lugar de Gnabry. As coisas começaram a ficar emocionantes quando o zagueiro Wöber do Ajax foi expulso aos 67′ (o time conseguiu ficar 63 jogos em todas as competições sem nenhuma expulsão) depois de carrinho violento. Menos de 10 minutos depois, Müller levantou muito o pé e acertou a cabeça de Tagliafico, sendo mais um a ser expulso.

Na batalha tática na beirado campo, os treinadores (ambos com 10 jogadores)aproveitaram o banco e sacaram Van de Beek e Ribéry, para a entrada de Dolberg e Ribéry, respectivamente. Aos 81′, o atacante dinamarquês Dolberg foi derrubado na área por Boateng e Tadic foi para a bola, virando o jogo para os holandeses. O sérvio é o primeiro jogador a marcar ao menos 4 gols em uma única Champions League pelo Ajax desde Wesley Sonck em 03-04.

Apenas cinco minutos depois, Tagliafico derrubou Thiago e mais um pênalti foi marcado, dessa vez para os alemães. O artilheiro da competição Lewandowski, com sete gols, foi para a bola e marcou seu segundo gol na partida e o oitavo em 6 jogos. Depois de toda essa emoção, ainda teria tempo para mais dois gols.

Após raríssimo erro de Frenkie De Jong na saída de bola, Coman virou a partida para o Bayern aos 90′. Com todos esses gols, pênaltis e expulsões, o árbitro francês Clement Turpin deu sete minutos de acréscimo. Tempo suficiente para Tagliafico empatar o jogo, em confusão na área.

Com o resultado, o Bayern de Munique termina em primeiro do grupo E com 14 pontos. Pela primeira vez em 10 anos os alemães terminam esta fase invictos. Já o Ajax ficou na segunda posição, com 12 pontos. Desde 97-98 o time holandês não ficava sem perder nenhum de seus 14 primeiros jogos em casa.

Benfica 1 x 0 AEK

Em partida que ocorreu simultaneamente a dos dois classificados, os donos da casa foram quem controlaram a bola em ambos os tempos. Vindo de cinco derrotas nas cinco partidas disputadas na competição, os visitantes não tinham tanta motivação assim. Com isso, foram 23 chutes contra apenas seis, além de 60% de bola. Aos 35′ Rafa Silva saiu machucado para a entrada do sérvio Zivkovic, o que não alterou na pressão exercida pelos donos da casa.

Na segunda etapa, a pressão continuou e os portugueses chegaram a 448 passes precisos, quase o dobro de seu adversário. Em menos de cinco minutos, o meia Galanopoulos fez duas faltas, recebendo amarelo nas duas e sendo expulso aos 87′. Apenas um minuto depois, o lateral esquerdo Grimaldo marcou o gol que deu a vitória para os mandantes. O lateral ainda teve cinco desarmes, oito de doze duelos ganhos, três bolas longas, três dribles bem sucedidos e 91% de precisão nos passes, sendo o principal jogador não só do Benfica, mas também da partida toda.

Com a vitória, o já garantido na terceira colocação Benfica terminou com sete pontos e vai para a Europa League, enquanto seu adversário AEK Athenas finalizou sua campanha sem nenhum ponto, na última colocação.

https://twitter.com/SLBenfica/status/1072987171387305989

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Samuel Resende
Tenho 19 anos, natural de Belo Horizonte e sou estudante de jornalismo pela UFMG. A paixão pelo futebol me fez querer seguir nessa área, desde pequeno é meu assunto favorito e sempre tentei observar o aspecto tático e ir além do que o torcedor comum enxerga. Seja nacional ou internacional, tudo o que envolve esse esporte me interessa, não está só na minha veia, mas também na alma.

Artigos Relacionados

Topo