Em disputa por pênaltis, quem são os maiores paredões na história da Libertadores?

Com o brilho do paraguaio Gatito Fernandes ontem, 22, que saiu do banco de reservas do Botafogo no segundo tempo para defender três cobranças do Olimpia na disputa por pênaltis, o blog Gol de Canela F.C. resolveu levantar quais são os goleiros que mais fecharam o gol nesta situação em toda história da Copa Libertadores.

Até hoje, o ex-goleiro Marcos assegura o recorde, com 11 defesas. Atrás do brasileiro, aparece o uruguaio Ever Hugo Almeida somando 9. Confira o top 5:

1 – Marcos (11 defesas)
Nacionalidade: Brasileiro
Disputas de pênaltis: 9 vezes

2 – Ever Hugo Almeida (9 defesas)
Nacionalidade: Uruguaio
Disputas de pênaltis: 4 vezes

3 – René Higuita (8 defesas)
Nacionalidade: Colombiano
Disputas de pênaltis: 3 vezes

4 – José Cevallos e Rogério Ceni (7 defesas cada)
José Cevallos
Nacionalidade: Equatoriano
Disputas de pênaltis: 3 vezes

Rogério Ceni
Nacionalidade: Brasileiro
Disputas de pênaltis: 4 vezes

5 – Fernando Álvez, Óscar Córdoba e Abbondanzieri (5 defesas cada)
Fernando Álvez
Nacionalidade: Uruguaio
Disputas de pênaltis: 2 vezes

Óscar Córdoba
Nacionalidade: Colombiano
Disputas de pênaltis: 3 vezes

Abbondanzieri
Nacionalidade: Argentino
Disputas de pênaltis: 3 vezes

BetWarrior


Poliesportiva


Jonathan Silva
Jonathan Silva
Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

    Artigos Relacionados

    Topo