Em disputa emocionante de pênaltis, Corinthians supera o Brusque na Copa do Brasil

Corinthians e Brusque (SC) empatam por 0x0 no tempo normal, nesta quarta-feira (01) e, nos pênaltis, o alvinegro, convertendo cinco contra quatro cobranças adversárias, derrota a equipe catarinense e segue disputando a Copa do Brasil. O time paulista enfrenta o Luverdense (MT) na terceira etapa da competição. Os jogos serão nos dias 9 e 16 de março (quintas-feiras), e os mandos de campo ainda serão sorteados.

O Corinthians não levava a melhor em cobranças de pênaltis desde 2013, contra o São Paulo, no Campeonato Paulista. Foram quatro derrotas nas decisões: Grêmio (Copa do Brasil 2013), Palmeiras e Audax (Campeonato Paulista 2015 e 2016, respectivamente) e São Paulo (Flórida Cup 2017).

Corinthians e Luverdense já se enfrentaram na Copa do Brasil, em 2013. Nesta oportunidade, o alvinegro perdeu a primeira partida por 1×0, em Lucas do Rio Verde (MT). A equipe paulista faturou a vaga ao vencer a partida de volta por 2×0 no Pacaembu.

Os 45 minutos (aliás, 46) inicias da partida foram disputados intensamente pelos jogadores, com poucas oportunidades criadas e muita vontade dos atletas. A forte marcação das duas equipes resultou em diversos passes errados. As primeiras boas chances do jogo vieram na faixa dos 20, com os volantes corintianos Maycon e Felipe Bastos. O Brusque assustou Cássio cinco minutos depois, quando o atacante Ricardo Lobo chutou de longe e obrigou o goleiro a espalmar para escanteio. Os times se intercalaram com a posse de bola até o final do primeiro tempo, entretanto na maioria das vezes no próprio campo de defesa.

O Oscar já foi, Léo Jabá

Na marca dos 38, o jovem atacante saiu em contra-ataque, passou pela marcação do zagueiro Cleyton e se jogou na área ao perceber o carrinho do marcador adversário. O árbitro optou por apenas assinalar o tiro de meta, mas um cartão amarelo para Léo Jabá, por simulação, seria perfeitamente aplicável.

A segunda etapa começou semelhante a primeira, porém com mais chances de gol. Os donos da casa chegaram perto da meta aos 10, com um chute cruzado do atacante Jonatas Belusso que saiu pela linha de fundo. A equipe paulista criou uma boa oportunidade aos 14, mas a finalização de Gabriel foi muito fraca, facilitando a defesa do goleiro. Aos 30 os visitantes tentaram novamente com o reestreante da noite. Romero recebeu na área, cortou a marcação e mandou para Jadson. O meia chegou de trás e seu chute passou pouco acima do gol. Léo Jabá perdeu a chance mais clara da partida aos 37. Após o cruzamento de Fagner passar por Jô, a bola sobrou para o atacante de 18 anos que finalizou para fora. No minuto seguinte, a defesa do Brusque quase “entregou” um gol. A bola recuada para o goleiro Rodolpho foi curta, e Jô conseguiu dividir. A sorte dos catarinenses foi que a bola saiu por cima do gol, sendo apenas tiro de meta. Os minutos foram se passando, e os pênaltis pareciam inevitáveis. Jô tentou de bicicleta, mas a bola bateu em suas duas pernas e não tomou a direção do gol.

Não caiu, mas foi falta

Aos 20, Jonatas Belusso saiu livre na defesa alvinegra e foi levemente acertado por Pablo na entrada da área. O contato do zagueiro corintiano não foi suficiente para derrubar o atacante do Brusque, que, desequilibrado, tento seguir na jogada, mas Cássio afastou o perigo. O juiz não marcou a falta.

Cobranças de pênaltis:

Jonatas Belusso bate meia altura e marca (1×0);

Jadson manda ao lado do gol (1×0);

William chuta rasteiro e amplia (2×0);

Giovanni Augusto finaliza no canto e diminui (2×1);

Eliomar quase acerta o ângulo e converte, sem chances para Cássio (3×1);

Maycon faz o simples: cobrança forte e alta no meio (3×2);

Ricardo Lobo chuta no canto, Cássio chega a encostar na bola, mas não impede o gol (4×2);

Fagner bate forte no canto e dá chances ao Corinthians (4×3);

João Carlos carimba o travessão e perde (4×3);

Jô chuta, a bola acerta o “morrinho” e engana o goleiro (4×4);

Carlos Alberto finaliza para fora (4×4);

Romero bate próximo ao meio do gol e classifica o alvinegro para a próxima fase da Copa do Brasil (5×4).

O próximo compromisso de ambas as esquipes são em seus respectivos campeonatos estaduais. O Corinthians tem o clássico contra o Santos, neste sábado (04), às 18:30h em Itaquera. Já o Brusque, vice-líder com 15 pontos, recebe o lanterna Joinville na mesma data e no mesmo horário.

Guilherme Papa

Sobre Guilherme Papa

Guilherme Papa já escreveu 268 posts nesse site..

Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

BetWarrior


Poliesportiva


Guilherme Papa
Guilherme Papa
Guilherme Papa é estudante, de 21 anos, da turma do 5º semestre de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo. Completamente louco por futebol, tem como objetivo transmitir informações do mundo da bola da melhor maneira possível.

Artigos Relacionados

Topo