Eduardo Domínguez é o novo técnico do Colón

- Depois de reuniões com o presidente José Vignatti, técnico assinou contrato até junho de 2021
Eduardo Domínguez

Após um má campanha na Superliga Argentina, onde terminou na última colocação junto com o Godoy Cruz, o Colón não conseguiu sair da zona do rebaixamento e, assim, ficou sem treinador. Após a derrota por 2 a 0 para o Talleres, Diego Osella pediu demissão do cargo.

Tendo em vista o rebaixamento por promedios, o Colón terá as 11 partidas da Copa da Superliga para evitar o rebaixamento à Primeira Nacional. Dessa maneira, a diretoria do clube Sabalero não perdeu tempo na busca por um novo comandante. Nesse sentido, José Vignatti, presidente do Colón, se reuniu com Eduardo Domínguez para oferecer um segundo ciclo na equipe de Santa Fe e houve acordo.

O contrato com o técnico irá até junho de 2021. Já na próxima quarta-feira, 11, Domínguez dará seu primeiro treinamento de olho no duelo frente ao Rosário Central na próxima segunda-feira, no Gigante de Arroyito.

Eduardo Domínguez iniciou sua carreira como treinador no Huracán em meados de 2015. Aliás, vale lembrar, conduziu a equipe de Parque Patricios à final da Copa Sul-Americana daquela temporada, onde foi derrotado pelo Independiente Santa Fé, da Colômbia. No ano seguinte, foi eliminado pelo também colombiano Atlético Nacional, que mais tarde viria a ser o campeão, nas oitavas de final da Copa Libertadores. Ao todo, foram 47 jogos, com 17 vitórias, 17 empates e 13 derrotas.

Logo em seguida, iniciou sua primeira passagem no Colón. Em 61 partidas, foram 26 vitórias, 19 empates e 16 derrotas. Destaque para a classificação contra o São Paulo nos pênaltis na Copa Sul-Americana de 2018. Por fim, teve uma breve passagem pelo Nacional, do Uruguai: 8 jogos, três vitórias, três empates e duas derrotas.

Imagem destacada: TyC Sports/reprodução

BetWarrior


Poliesportiva


Pedro Ferri
Pedro Ferri
Pedro Rodrigues Nigro Ferri, 19, nascido em Assis-SP. Jornalista em formação pela Faculdade da Cásper Líbero e um fiel devoto. Católico? Protestante? Não, corinthiano. Sou mais um integrante do bando de loucos e nunca me conheci sem essa doença. Frequentador de arquibancada, sou apaixonado por torcidas. Sabe aquela música do seu time? É, eu canto ela no chuveiro. Supersticioso ao extremo e disseminador da política "NÃO GRITA GOL ANTES DA BOLA ENTRAR!".

    Artigos Relacionados

    Topo