Eduardo Coudet confirma saída do Racing

Prego batido e ponta virada! Após vários rumores e negativas, Eduardo Coudet confessou o que já se sabia: que não continuará como técnico do Racing em 2020. Assim, o comunicado foi feito na última sexta-feira (22), em coletiva de imprensa. Sendo assim, a partir de dezembro, o treinador deixa o comando técnico de La Academia e o destino deve ser o Internacional. Dessa forma, El Primer Grande já está em busca do novo comandante para o restante da temporada 2019-2020.

Em setembro, comuniquei à Diego a decisão, depois se descobriu. A única coisa que posso fazer é pedir desculpas pela negação. Isto se deveu ao que o clube pensou que era o melhor. No meu entender não, mas tentamos colaborar se é isso que ia favorecer o clube. Era estranho guardar algo que era um segredo aberto, eles descobriram muito rápido tudo. (…) Hoje, demos a formalidade, porque já era muito bizarro. É o mais lógico.” afirmou Coudet.

MOTIVOS DA SAÍDA

Assim, na mesma entrevista, ele falou dos motivos de sua saída e do que espera para os próximos jogos até a parada de fim de ano no futebol argentino:

É uma análise que você faz, é o que você sente, os sentimentos que você tem. Vamos fazer dois anos muito bons e hoje creio que o melhor é encerrar um ciclo. Obviamente, pensando que ainda faltam quatro partidas importantíssimas para o Racing e nada nos tira o foco. Internamente, temos falado disso há muito tempo, tanto com Diego, como com a direção e os jogadores. Vamos jogar da mesma maneira. Sempre disse, nada e ninguém está acima da história do Racing

Por fim, Coudet falou sobre a torcida de La Academia:

Os torcedores do Racing comigo ganharam mil pontos. Tentei ser o mais sincero possível com o que sinto. Essa é uma decisão pensada que comuniquei com tempo para que o clube fosse beneficiado e se preparasse para a mudança. Não é por questões financeiras, o presidente me disse que estava disposto a fazer qualquer esforço econômico, mas entendeu que não passava por isso, e sim pelo que sinto e tomo a decisão da melhor maneira para seguir trabalhando até o último dia da forma com que vemos fazendo durante estes anos.” – confessou o técnico Eduardo Coudet

https://twitter.com/RacingClub/status/1197934328489091072

DOIS ANOS DE COUDET NO RACING

Sendo assim, Eduardo Coudet, de 45 anos, iniciou a carreira como técnico no Rosário Central em 2015. Após passagem pelo Tijuana do México, chegou ao Racing na temporada 2017-2018. Assim, extravagante e ativo à beira do campo, já foi comparado a Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, e Marcelo Bielsa devido a maneira de pensar o futebol. Por La Academia, foram 70 jogos com 36 vitórias e um título: a Superliga Argentina 2018-2019. A saber, na atual temporada, a equipe segue brigando pelo bicampeonato na quarta posição com 25 pontos.

Foto Destaque: Reprodução / Racing / Superesportes

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 29 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados