Edinson-Cavani

Na última temporada, Edinson Cavani deixou o Paris-Saint-Germain após sete anos. Dessa forma, encerrando o vitorioso ciclo do uruguaio na equipe francesa. Com isso, nesta semana a coluna Além dos Blues trás a trajetória do lendário camisa 9 no Parc des Princes.

CHEGADA AO CLUBE

Primeiramente, o atacante chegou a Paris transferido do Napoli, onde era o principal jogador da equipe. Dessa forma, havia marcado 104 gols em 138 jogos, se tornando o quinto maior artilheiro da historia do clube italiano. Com isso, o PSG teve que desembolsar uma fortuna para contar com o uruguaio, foram 64,5 milhões de euros. Ou seja, o tornou a quinta contratação mais cara da história do futebol na época (hoje ocupa a 35° posição).

Imediatamente, na sua primeira temporada Cavani fez 25 gols em 43 partidas. Dessa forma, conquistando a Copa da Liga Francesa e a Ligue 1. Além disso, foi vice artilheiro do campeonato nacional, atrás somente de Zlatan Ibrahimović.

TEMPORADAS SEGUINTES

Rapidamente, Cavani se tornou uma das estrelas do clube francês. Contudo, nunca foi o protagonista da equipe, apenas um coadjuvante de luxo, graças a presença de Zlatan. Apesar disso, o uruguaio teve seus momentos de brilho, como na temporada 2014/15, quando marcou 31 gols em 53 jogos.

Da mesma forma, na temporada 2015/16, o camisa 9 marcou 25 gols, metade dos marcados pelo sueco. Porém, ao final dessa campanha Ibrahimović anunciou que estava de saída do clube, rumo ao Manchester United. Enfim, o uruguaio se tornou a principal referência do PSG.

https://www.instagram.com/p/B-7AwRZofsJ/

FINALMENTE PROTAGONISTA

Enfim, Edinson recebeu a oportunidade de comandar a equipe parisiense e conseguiu dar resultado. Dessa forma, levou o time aos títulos das duas copas nacionais e foi o artilheiro da Ligue 1 com 35 gols. Contudo, a equipe perdeu o campeonato para o Mônaco de Mbappé e Leonardo Jardim.

Apesar disso, o camisa 9 marcou 49 gols em 50 jogos, sendo o principal destaque da equipe na temporada. Porém, duas contratações bombásticas tirariam o atacante de sua zona de conforto.

https://www.instagram.com/p/CAkCkmJIxm8/

NOVAMENTE COADJUVANTE

Na temporada 2017/18 o PSG foi ao mercado e trouxe duas novas estrelas. Primeiramente, o brasileiro Neymar chegou ao clube, na maior transferência da historias do futebol, 222 milhões de euros. Bem como, o jovem francês que encantou o mundo na temporada anterior, Kylian Mbappé.

Com isso, Cavani foi novamente colocado como um coadjuvante de luxo ao lado das novas estrelas. Apesar disso, a primeira temporada ao lado dos garotos renderam bons frutos, 40 gols em 48 jogos. Da mesma forma, conseguiu bons números na temporada seguinte, 23 bolas na rede em 33 partidas. Assim, se tornando o maior artilheiro a história do clube.

https://www.instagram.com/p/B9hUyt_hwUo/

A SAÍDA DA LENDA EDINSON CAVANI

Apesar disso, a diretoria novamente foi ao mercado na temporada 2019/20 e trouxe o argentino Mauro Icardi. Dessa forma, trazendo um jogador de peso para disputar posição com o ídolo. Com isso, o uruguaio foi preterido pelo técnico Thomas Tuchel. Desse modo, o camisa 9 disputou apenas 1.096 minutos na temporada, contra 2.185 do companheiro.

Deixado de lado pelo treinador, o uruguaio anunciou sua saída do Paris Saint-Germain ao final do seu contrato. Dessa forma, o maior artilheiro do clube com 200 gols em 301 jogos deixou o clube. Apesar de tudo, Edinson não recebeu um despedida digna ou uma homenagem por parte do clube. Enfim, saiu pela porta dos fundos do clube em que ele fez historia.

Atualmente, Cavani está livre no mercado e seu nome é sondado em diversos gigantes europeus. Porém, ainda não sabemos qual o próximo destino do atacante.

Foto Destaque: Reprodução/Twitter/Edinson Cavani

Fabio Cavalcante
Ser jornalista sempre foi meu sonho, muito graças ao meu amor pelo esporte. Tenho um canal no YouTube com meus amigos chamado “Mesa de Bar”, onde nós falamos de esporte em geral, tudo para realizar meu grande sonho. Atualmente curso o 4º semestre de jornalismo. Apaixonado por Futebol, F1, Basquete e muitos outros esportes. Instagram: @_fbinho

Artigos Relacionados