Eberlin, presidente da Ponte Preta tem primeira reunião na sede da Federação Paulista de Futebol. (Foto destaque: Reprodução/Federação Paulista de Futebol)

De antemão, na última quinta-feira (2), Marco Antônio Eberlin, presidente eleito da Ponte Preta, teve a primeira reunião na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF). A saber, o dirigente foi com Sebastião Arcanjo, o Tiãozinho, comandante em exercício.

Além disso, Gustavo Valio, novo diretor financeiro do clube, também esteve presente. Da mesma forma, a comitiva da Ponte foi conversar com o dirigente da entidade, Reinaldo Carneiro Bastos.

Ocasionalmente, o Paulistão 2022 tem a 1ª rodada prevista para o dia 26 de janeiro. Juntamente com isso, a Macaca vai estrear contra o Palmeiras, fora de casa.

Eberlin

De maneira que, o empresário foi eleito para o quadriênio 2022-2025. Por outro lado, o comandante foi homem-forte do futebol alvinegro entre o fim da década de 90 e o início dos anos 2000. Juntamente com isso, foi indicado pela chapa “MRP – Movimento Renascer Pontepretano”, vencedora das eleições para o Conselho. Tal como, teve o nome aprovado por 148 conselheiros presentes e 91% dos votos.

Vale lembrar, Marco Antonio iniciou sua trajetória junto a Ponte Preta em 1996, como diretor do Departamento de Futebol Amador. Assim também, em 1997, assumiu como diretor de Futebol integrado (Profissional e Base). Em suma, salvou a Ponte do rebaixamento para Série A3 do Paulista.

Ainda mais, em 1997, chegou ao vice da Série B, depois de 11 anos. Da mesma forma, de 1998 a 2006, quanto a Diretoria de Futebol estava sob o comando dele, a Ponte nunca foi rebaixada, sendo o único dirigente de Campinas a conseguir tal feito.

Nesse ínterim, o novo mandante do clube segue trabalhando e uma de suas prioridades é a permanência de Gilson Kleina no comando do time.

Contudo, nos bastidores, a tendência é que Kleina permaneça no clube. Assim, pesam a favor do treinador a contribuição para evitar o descenso à terceira divisão nacional.

Foto destaque: Reprodução/Federação Paulista de Futebol

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs