Damián Musto é do Inter

O Internacional começou a sua reformulação do elenco para 2020. Após a chegada de Eduardo Coudet, já tem o primeiro reforço da equipe. Se trata do volante Damián Musto, de 32 anos. O volante argentino deve chegar no Colorado em um empréstimo de um ano. Segundo a imprensa argentina, o Huesca, atual equipe do jogador, aceitou a proposta do Inter pelo atleta, acertando a ida de Musto ao time.

Segundo o canal ‘TV TyC Sports', o contrato do jogador com o Internacional conta com uma opção de compra. Além disso, as equipes esperam a troca de contratos para, enfim, anunciar o empréstimo de Musto. Assim também, os valores do negócio acabaram não sendo divulgados. Conforme o GloboEsporte, o Inter já tinha um acerto com o volante. No entanto, faltava o acordo com o Huesca.

https://www.instagram.com/p/B6Rr4KXjVji/?igshid=6ksrmjwhc02j

A chegada de Damián Musto ao Internacional foi um pedido de Coudet. A solicitação aos dirigentes colorados ainda foi feita durante seus últimos dias no Racing. Os dois trabalharam juntos em duas oportunidades: no Rosario Central, da Argentina, e no Tijuana, do México. Em sua apresentação ao Internacional, o novo técnico comentou sobre a oportunidade de trabalhar novamente com alguns jogadores. “De jogadores que trabalharam comigo, seguramente é uma possibilidade que algum possa vir. Isso ajuda a ganhar tempo”, falou Coudet.

CARREIRA DE MUSTO

Com 32 anos, Damián Musto iniciou a sua carreira no Quilmes, da Argentina. Em seguida passou por clubes, como Atlético Tucumán, Spezia (ITA) e Olimpo. Em 2014, o volante atuou pelo Rosario Central. Já em 2017, esteve perto de assinar com o rival do Inter, o Grêmio. Contudo, nada foi acertado. Sendo assim, seguiu para o Tijuana. Em 2018, foi vendido ao Huesca, da Espanha. Na temporada, soma 25 partidas. Atualmente, cumpre suspensão por dopping por uso de diurético. Sendo assim, em 2020 já poderá voltar a atuar.

Foto destaque: Reprodução/Rosario Central

Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados