Duplo chapéu no United? Tottenham se aproxima das contratações de Bale e Reguilón

- Agente de Bale confirma conversas avançadas entre Merengues e Spurs; lateral espanhol precisa passar apenas pelos exames médicos para ser anunciado
Duplo chapéu no United? Tottenham se aproxima das contratações de Bale e Reguilón (Foto: Reprodução/Evening Standard)

Antes dado como favorito para as contratações de Gareth Bale e Sergio Reguilón, o Manchester United deve ver os planos escorrendo pelos dedos após o Tottenham entrar forte na briga. Segundo a imprensa europeia, os Spurs tiveram sua proposta pelo lateral espanhol aceita, e estão em conversas avançadas para promoverem o retorno do galês.

Conforme publicado pelo jornal inglês “The Sun”, o Tottenham chegou a um acordo com o Real Madrid para o valor de transferência de Sergio Reguilón. A transação deve ficar por volta de 30 milhões de euros, com os Merengues exigindo uma cláusula de recompra no valor de 40 milhões de euros. Além disso, os espanhóis podem igualar qualquer proposta feita pelo atleta no futuro, e ter a prioridade. Por fim, segundo a publicação, o jogador está na Inglaterra para realizar exames e deve assinar por cinco anos.

Além de Reguilón, o Tottenham caminha a passos largos para garantir o retorno de Gareth Bale. O galês que também chegaria do Real Madrid está infeliz na Espanha e o clube deseja negociá-lo. A negociação esquentou nos últimos dias após o agente do atleta, Jonathan Barnett, afirmar em entrevista à “BBC”, que o jogador ama os Spurs e é onde ele quer estar.

Além disso, já nesta quarta-feira (16), o empresário de Bale animou a torcida dos Spurs, já que disse à “AFP” que o acordo está próximo. Entretanto, também alegou que a negociação é complicada. A imprensa inglesa e espanhola afirma que o atleta deve ser emprestado ao Tottenham.

Foto Destaque: Reprodução/Evening Standard

BetWarrior


Poliesportiva


Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

    Artigos Relacionados

    Topo