Dudu, mais um craque da camisa 7 Alviverde !!!

- Em 5 anos, Dudu se tornou ídolo da torcida palmeirense, sendo artilheiro e conquistando muitos títulos.
Dudu, mais um craque da camisa 7 Alviverde !!!

No ultimo dia 7 de janeiro, Eduardo Pereira Rodrigues, mais conhecido como Dudu, completou 29 anos de idade. O atacante ídolo da torcida do Palmeiras atualmente está emprestado para o Al-Duhail, do Catar. No entanto, sua Identificação com o time Alviverde ainda é muito forte e as esperanças que o craque possa voltar para vestir a camisa 7, ainda não morreram. Dessa forma, desde a sua chegada em 2015, Dudu se mostrou um jogador diferente, versátil, sempre partindo para drible sem medo do marcador. Além disso, fez gols importantes e por isso deixou a sua marca na história do Palestra.

Sendo assim, a Coluna Rasgando o Verbo desta terça-feira (12),  faz uma singela homenagem ao atacante Dudu, mostrando toda sua trajetória no Palmeiras e como o clube teve a “sorte” de encontrar mais um craque para vestir a camisa 7, que já foi de Edmundo, Paulo Nunes, Ademar Pantera dentre outros ótimos jogadores.

2015: A CHEGADA NO PALMEIRAS

CHAPÉU NOS RIVAIS

No final de 2014, já era certo que Dudu não ria renovar seu contrato com o Grêmio. A partir daí, começou a ser divulgado na mídia varias especulações que o jogador negociava com São Paulo e Corinthians para ser o seu futuro clube. No entanto, após muitas especulações chegou a ser dado como certo seu acerto com o Corinthians. Vale ressaltar que, em nenhum momento o nome do Palmeiras apareceu como um clube que disputava a contratação do atacante. Mas, o Verdão apareceu de surpresa e o contratou em 12 de janeiro de 2015 por quatro temporadas, comprando 50% dos direitos federativos do jogador e aplicando o que a mídia chamou de “chapéu” nos rivais.

COPA DO BRASIL: PRIMEIRO TÍTULO

Em 2015, o Verdão passava por uma imensa reestruturação. Portanto, foram contratos muitos jogadores e a expectativa de conquistar algum titula era um longo prazo. No entanto, já no início da temporada a equipe comandada por Oswaldo de Oliveira chegou na final do Campeonato Paulista, onde disputou o taça contra o Santos. Porém, após ganhar o primeiro jogo, em casa por 1 x 0. A equipe do Palmeiras não conseguiu repetir o resultado positivo, perdeu no tempo regulamentar e na disputa de pênaltis novamente foi derrotado por 4 x 2.

Contudo, sabemos que o mundo dá voltas, assim os momentos de glórias ainda iriam chegar para Dudu, vestindo a camisa do Palmeiras. Ainda em 2015, Oswaldo de Oliveira é demitido para o seu lugar Marcelo oliveira foi contrato. Desse modo, a equipe Alviverde começou a trilhar um caminho rumo ao título da Copa do Brasil, uma caminhada repleta de jogos emocionantes. Assim, Dudu começou a ser um destaque do time, sendo uma peça fundamental na criação de jogadas no ataque. Ao chegar na final, o Palestra novamente enfrentou o Santos, mas dessa vez o resultado foi diferente.

No primeiro jogo, disputado na Vila Belmiro, o Peixe conseguiu um resultado positivo de 1 x 0. Entretanto, na partida de volta com o Allianz Parque recebendo a sua primeira final, após a inauguração em 2014, Dudu mostrou todo seu potencial como jogador. Dessa forma, o atacante palmeirense surpreendendo a todos, marcou dois na partida ajudando o Palmeiras a decidir a finalíssima novamente nas penalidades. Sendo assim, nos pênaltis brilhou a estrela de Fernando Prass e o Palmeiras se sagrou Tricampeão da Copa do Brasil.

2016: USA A 7 E A FAIXA!

CAMPEONATO BRASILEIRO: MAIS UM TÍTULO NA CONTA

Em 2016, o Palmeiras comandado pelo técnico Cuca, iniciou o Campeonato Brasileiro um pouco desacreditado após alguns vexames na Libertadores e no Paulistão. Mas, desde o começo da competição o treinador falava que juntos, o elenco iria conquistar o título do Brasileirão que não era conquistado desde 1994. Desse modo, Dudu foi escolhido para ser o Capitão do time ao longo do campeonato. Então, o jogador conhecido por sempre reclamar muito com a arbitragem e levar cartões amarelos se tornou um jogador mais responsável. Assim, o Verdão fez uma ótima campanha e conquistou o título. Dudu nesta temporada fez 53 jogos, marcou 9 gols e fez 12 assistências. Ademais, se tornou o maior artilheiro do Allianz parque e esteve presenta na seleção dos melhores do Brasileirão.

  2018: ENTRANDO PARA HISTÓRIA

CAMPEONATO BRASILEIRO: TERCEIRO TÍTULO

Em 2018, Felipão assumiu o Palmeiras, após a demissão de Roger Machado. Dessa forma, o treinador montou um time para disputar as copas, sendo Libertadores e Copa do Brasil, e outra equipe para jogar o Campeonato Brasileiro. Dudu por ser o principal jogador do time, estava presente em todos jogos independente da competição. No final, o Verdão acabou conquistando somente o Campeonato Brasileiro e o camisa 7, sempre ganhando o devido destaque. Ainda em 2016, Dudu atingiu a marca de 200 jogos disputados com a camisa do Alviverde e foi eleito o melhor jogador do Brasileirão.

2020: O ANO DE DESPEDIDA

Em 2020, Dudu começou o ano vestindo a camisa do Palmeiras e quebrando seu próprio recorde. No dia 20 de fevereiro de 2020, em partida válida pelo Campeonato Paulista, contra o Guarani, o atacante completou 300 jogos com a camisa do Verdão, marcando o gol da vitória por 1 a 0, no Allianz Parque. No entanto, o futebol foi interrompido por um tempo no Brasil e no Mundo, devido a pandemia da Covid-19. Nesse período, o jogador acabou tendo alguns problemas pessoais. Assim, quando o Campeonato Paulista estava próximo de retornar, Dudu foi emprestado para o Al-Duhail, do Catar com a opção de compra.

A saída do atacante colocou o ponto final em um ciclo de cinco anos, vestindo a camisa do Palmeiras. Ao todo, foram 305 jogos, 70 gols, 75 assistências e três títulos conquistados. Além disso, durante quatro anos o jogador esteva presente na seleção dos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro, mesmo o Alviverde não conquistando o título. Por fim, com essa marca de 70 gols no total, o jogador se tornou o maior artilheiro do clube no século XXI, ultrapassando Wagner Love com 54.

QUAL A IMPORTÂNCIA DE DUDU, NA HISTÓRIA DO PALMEIRAS – OPINIÃO

Em 2015, ninguém esperava que Dudu se tornaria esse ídolo que é hoje. Desde a sua contratação, o atacante se mostrou diferente, preferindo o Palmeiras ao invés dos rivais. Dentro de campo, um jogador inquestionável, sempre mostrando muita garra, força e vontade com a camisa do Palmeiras. Aliás, ele fez o que poucos jogadores fazem hoje em dia, honrou a camisa do clube que possui uma brilhante história, paga seu salario, oferece uma ótima estrutura para trabalhar e tem uma torcida intensamente apaixonada.

A camisa 7 sempre ficou marcada ao ser usada por grandes craques, Dudu se tornou mais um deles. Um atleta que o Palmeiras sente falta, mas que um dia pode estar de volta para dar muitas alegrias aos torcedor palmeirense.

Foto Destaque: Reprodução / @Palmeiras / Twitter oficial do Palmeiras 

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo Lopes da Silva
Leonardo Lopes da Silva
Estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Eu escolhi jornalismo porque me identifico muito com os ofícios desta profissão. Aos 10 anos , tive a minha primeira experiência sendo fundador de uma rádio comunitária. Pretendo seguir minha carreira na editoria de esportes. Instagram - @leo_lopes77

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo