Na manhã desta segunda-feira (11), dirigentes do Flamengo se reuniram na Gávea. Nesse sentido, avaliaram que Rogério Ceni não é o único responsável pela atual situação do futebol rubro-negro. Entretanto, algumas decisões do técnico foram questionadas, mas o consenso é de que o problema envolve questões desde a Gávea até o Ninho do Urubu.

Contudo, a reunião irá decidir a permanência de Ceni,  no qual está mantido até segunda ordem. No entanto, o  encontro definirá alguns ajustes que serão feitos no cotidiano. Especialmente no diz que respeito à comunicação entre diferentes setores do departamento. Todavia, foi verificado que desde a saída de Jorge Jesus não alinharam algumas questões.

As conversas na Gávea ao longo do dia começaram por volta das 9:00hs da manhã. Envolveram desde o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim. Até nomes como o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, o vice-presidente de relações externas, Luiz Eduardo Baptista, o Bap e o diretor executivo de futebol, Bruno Spindel.

Todavia, faltando 10 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Flamengo está em 4° lugar, com 49 pontos, a sete do líder São Paulo. Com o time na reta final, a aposta é tentar consertar os detalhes para buscar o título da competição.

DIEGO RIBAS FAZ DISCURSO NO VESTIÁRIO DO FLAMENGO APÓS A PARTIDA CONTRA O CEARÁ

Após derrota por 2 x 0 contra o Ceará, no domingo (10), no Maracanã, Diego Ribas fez um discurso chamativo no vestiário. Nesse sentido, ele pediu para que mostrem nos jogos o espírito que costumam ter nos treinos. E que neste momento de dificuldades, a equipe priorize ser mais competitiva.

Antes de deixar o campo, o camisa 10 já havia dado entrevista em que pediu mudança de atitude e falou da necessidade de “assumir a responsabilidade”. Diego começou no banco e entrou no intervalo, substituindo Gustavo Henrique. Nesse sentido, o jogador se empenhou, fez desarmes com carrinho e melhorou o ânimo da equipe. Não foi brilhante tecnicamente, mas se tornou a voz do Flamengo em campo.

CONFIRA O DISCURSO DE DIEGO NO VESTIÁRIO:

“Falei na beira do campo e vou repetir aqui. Todo mundo tem que assumir sua responsabilidade! Ser homem, se cobrar e cobrar o companheiro. Não adianta a gente só se enroscar nos treinos! A gente se cobra, se estranha, pega pesado nos treinos, como tem que ser, mas não adianta a gente não transferir para o jogo.

Temos que competir! Chegar aqui e competir com os adversários. Jogar bonito m… nenhuma! Primeiro, competir! Então, preparem-se para isso! Eu tenho certeza que eu preciso mais de vocês do que vocês de mim. Então, hoje eu corri, dei a vida quando entrei em campo! Que seja sempre assim, entre todos nós! Seja no treino ou no jogo!”

O próximo jogo do Flamengo é contra o Goiás, segunda-feira (18), no estádio da Serrinha. Como Gerson está suspenso, Diego é um dos candidatos a ficar com a vaga.

Foto Destaque: Reprodução/Alexandre Vidal/Flamengo

Thamirys Abreu Vieira
Thamirys Abreu Vieira
Sou carioca, graduada em Jornalismo pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo). Pretendo me especializar na área esportiva e vivenciar a cada dia a magia do futebol. Exigente e de temperamento forte, mas sempre disposta a aprender. Apaixonada pela leitura e o mundo futebolístico.

Artigos Relacionados