Didier Lamkel Zé choca ao ir treinar com camisa de time rival

- O jogador do Royal Antwerp apareceu com a camisa do Anderletch para forçar saída do atual clube
Didier Lamkel Zé

O ano mal começou e já aconteceram situações bizarras no futebol. Na última segunda-feira (4), o jogador Didier Lamkel Zé, não satisfeito com sua situação no Antwerp, vestiu a camisa do maior rival para tentar forçar sua saída da equipe. Barrado por seguranças, o jogador não conseguiu entrar. 

O episódio 

O atleta está afastado da equipe principal desde outubro do ano passado. Desde então, treina e, portanto, joga com o time B. Por isso, não está feliz vestindo a camisa vermelha e branca do Great Old. Lamkel Zé quer ser negociado com o Panathinaikos, time grego. Entretanto, a ideia do jogador para acelerar seus planos de voltar a treinar com o técnico Laszlo Boloni foi um tanto rebelde.

Ele tentou invadir a todo custo o espaço onde a equipe principal treinava, vestindo a camisa do Anderletch. Entretanto, os seguranças do clube impediram o atleta, já que só aqueles que atuam pela equipe principal podiam realizar as atividades. O atacante ainda fez postagens em suas redes sociais reforçando seu desejo de deixar o clube, mas logo as apagou. Essa situação toda se dá porque a diretoria do Antwerp estaria dificultando a transferência do jogador, que apostou em atitudes extremas, que, obviamente, não agradaram a torcida. 

A repercussão

A torcida não ficou feliz com as atitudes do atleta. Didier Lamkel Zé chegou a sofrer ameaças dos torcedores, e, por isso, a polícia teve que ser acionada. Não é a primeira vez que o atacante é protagonista de confusões. Ele já “estourou” com outros jogadores do time e até mesmo com a torcida. Contudo, após toda a repercussão, o atleta se desculpou publicamente

“Se reagi assim, é porque minha cabeça estava em outro lugar com a transferência, não foi fácil para mim. Lamento muito por minhas ações.” 

Foto destaque: Divulgação/ Didier Lamkel Zé

Laisa Rodrigues
Laisa Rodrigues
O jornalismo foi uma surpresa que virou sonho. Hoje, tenho a plena certeza que é o que quero pra vida. Sou estagiária em assessoria de imprensa e sonho em me aventurar integralmente com o jornalismo esportivo. Atleta de sofá, corneteira, palmeirense apaixonada e jornalista em formação.

Artigos Relacionados

Topo