Dez e contando: Renato é o principal responsável pela vitória no Grenal

- Renato mostra de novo que sabe a fórmula para ganhar Grenal
Renato é o principal responsável pela vitória no Grenal

“Quem sabe, sabe. Quem não sabe estuda”. Essa frase dita por Renato Portaluppi, técnico do Grêmio não se reflete nos clássicos Grenais, pois o Renato estuda muito o rival. Em todos os clássicos o técnico gremista muda a sua estratégia para enfrentar o Colorado. O time do Inter mudou muito desde o último Grenal, visto isso o Renato e sua Comissão Técnica montaram a estratégia para vencer esse Grenal.

A ESTRATÉGIA

A estratégia feita pela Comissão Técnica do Grêmio, foi feita vendo todas as últimas atuações de times que fizeram o Inter ter dificuldades, todos esses times tem uma coisa em comum, todos pressionavam e a tentavam anular a saída de bola do Inter. Com isso, o Grêmio começou o jogo fazendo uma pressão na saída de bola e anulando as opções de passe para a saída de bola.

Assim, o time do Inter tinha roteiro definido para sair com a bola: do goleiro pro zagueiro, do zagueiro pro volante e depois voltavam tudo, com isso buscavam o balão, pois não conseguiam sair com a bola.

Além disso, o Renato conseguiu quase anular o ataque do Inter, pois manteve as suas mudanças – que vamos falar já já – dos últimos jogos.

Nessa recuperação de bola, quando o Inter dava o balão ou quando o Grêmio roubava no meio-campo, o Grêmio saia em um contra-ataque muito rápido com os jogadores Orejuela, Alisson, Pepê, Matheus Henrique e Darlan. Assim, foi o gol, um jogada de contra-ataque que o Pepê aproveitou a defesa aberta e foi muito feliz no chute.

AS MUDANÇAS

As mudanças feitas pelo técnico gremista foram essenciais para a vitória de ontem. A principal mudança foi a continuação do Lucas Silva, que tem como função ser o centro-médio que tem como objetivo tomar a bola e dar para o atacantes. O meia foi um dos melhores em campo no Grenal, pois dominou o meio-campo não deixando o Inter prosperar no campo do Grêmio.

Podemos também citar outras mudanças como Rodrigues, que tinha entrado muito mal nos últimos jogos, mas conseguiu fazer um jogo muito bom. Até mesmo, anulando o ataque do Inter, juntamente com o seu companheiro de zaga, Walter Kannemann.

Da mesma forma que a zaga, os laterais também foram muito bem, com as voltas de Orejuela e Cortez. Mesmo que o lateral não seja o mais qualificado para a posição, ele se saiu muito bem no que ele sabe fazer que é defender. Já o Orejuela se saiu muito bem nos dois aspectos, no defensivo e no ofensivo, sendo até mesmo um dos melhores do jogo na dobradinha com o Alisson, principalmente na hora de atacar.

E não podemos deixar de falar do Pepê, que estava fora das últimas partidas porque estava lesionado, ele fez um jogo espetacular. Talvez o melhor em campo, na minha opinião, tanto pelo gol como pelo todo, pois atacou, marcou e teve muita vontade dentro de campo.

A pergunta que fica agora é: será que o Grêmio vai manter essa mesma postura de intensidade, técnica e tática do Grenal e engrenar ou irá por o salto alto e voltar a ser o Grêmio das últimas partidas do Brasileiro? 

Foto destaque: Divulgação/Lucas Uebel/Grêmio

Augusto Martins

Sobre Augusto Martins

Augusto Martins já escreveu 16 posts nesse site..

Escolhi o jornalismo por eu desde de cedo gostar de informar as pessoas sobre o que acontece no mundo esportivo.

BetWarrior


Poliesportiva


Augusto Martins
Augusto Martins
Escolhi o jornalismo por eu desde de cedo gostar de informar as pessoas sobre o que acontece no mundo esportivo.

    Artigos Relacionados

    Topo