Dennis Bergkamp fala em ser treinador dos Gunners

O ex-jogador, hoje com 51 anos, Dennis Bergkamp revelou que sonha em treinar o time do . Vale ressaltar, que o holandês é lenda máxima na equipe inglesa, na qual jogou durante 11 anos, deixando os Gunners apenas em 2006, quando aposentou-se dos gramados.

À primeira vista, o desejo do ídolo foi revelado em uma entrevista à revista inglesa ‘Four Four Two'. “No momento não houve nenhum contato sobre isso, mas assim que eu tomar minha decisão, vamos ver o que acontece. É claro que seria o ideal no Arsenal, passei 11 anos lá e tenho um bom pressentimento com o clube”, revelou Bergkamp.

No entanto, não é a prioridade, mas já é algo pensado para seu futuro. De certo modo, já faz algum tempo que a lenda do Arsenal não trabalha com futebol, uma vez que seu último contato foi a passagem de nove anos na equipe técnica do Ajax, tendo se afastado do clube que o revelou como jogador, em 2017.

“No momento, somos ótimos na Holanda. Eu tenho uma família jovem e estou sem treinamento há um tempo. Mas devo admitir que tenho vontade de entrar em campo novamente e ajudar, seja com a equipe técnica ou treinador. Pode ser um pouco cedo demais, mas você nunca sabe. Vamos ver o que acontece no meu caminho”, comentou o holandês.

Bergkamp falou sobre Arteta e as lendários Henry e Vieira

A princípio, Bergkamp falou sobre o sonho de treinar o Arsenal. Contudo, deixou claro que o trabalho do atual treinador dos Gunners, Mikel Arteta o agrada bastante: “Estou realmente interessado em Mikel Arteta e em como ele está no Arsenal, pois há sinais de que ele quer mudar a filosofia da equipe. Parecia bom nos poucos jogos que assisti no início do ano”.

Ademais, outras lendas do Arsenal atualmente estão como treinadores. Dentre eles: Thierry Henry e Patrick Vieira. O primeiro comanda a equipe canadense do Montreal Impact. Por outro lado, o segundo chefia o clube francês do Nice. E Bergkamp falou sobre ambos: “Eu sigo como eles estão de longe. É uma pena que a MLS tenha parado depois que Thierry conseguiu um emprego lá, e Patrick está indo bem em Nice”.

Contudo, sobre seu futuro o holandês apenas cravou a incerteza, dizendo o seguinte: “Meu futuro, quem sabe? No futebol, um dia não é o mesmo que o outro.”

Foto Destaque: Divulgação/ Arsenal Football Club

Gustavo Domingos
Olá amigos! Um garoto do interior de Alagoas, na qual, sempre sonhou em levar informação ao povo. Dessa maneira, escolhi o jornalismo pra ser minha profissão e meu prazer diário. Uma vez que mostrar o que se é procurado, é muito gratificante e realizador. Estou cursando a graduação de jornalismo na Universidade Federal de Alagoas. Já tenho muitas coisas em mente nesse universo de informações. Além do Futebol Na Veia, sou redator do portal Lab Dicas Jornalismo, na editoria cultural. Considero que esportes, bons filmes, boas músicas e bons livros, fazem a vida ser melhor. Logo, não abdico desses quatro aspectos.

Artigos Relacionados