Del Valle supera Colón e conquista Copa Sul-Americana

- Esse é o primeiro título continental da equipe equatoriana
Colon Del Valle Sul-Americana

Na tarde desse sábado (9) o Estádio General Pablo Rojas, mais conhecido como Olla Azulgrana, recebeu a final da Copa Sul-Americana entre Independiente del Valle-EQU e Colón-ARG. Por certo, as duas equipes mostraram ao longo da competição que possuiam todas as credenciais para levantar o título. Mas os equatorianos levaram a melhor em Assunção, capital do Paraguai, e superaram os argentinos pelo placar de 3 x 1. Luis Fernando León, Jhon Sánchez e Christian Dájome marcaram os gols Negriazules. Enquanto Emanuel Olivera fez o de honra para os Sabaleros.

1º TEMPO

Após o grandioso recibimiento realizado pelos 35 mil torcedores argentinos presentes, a chuva também resolveu aparecer. Começou com uma garoa, mas em poucos minutos os pingos se tornaram um dilúvio. O gramado ficou pesado, encharcado. Dessa maneira, as equipes tiveram dificuldades até para realizar passes curtos. Portanto, os equatorianos resolveram apostar em seu efetivo jogo aéreo. E logo aos 25 minutos, Christian Pellerano levantou a pelota na cozinha do Colón. Em meio aos zagueiros, estava Luis Fernando León, que enfiou a cabeça na bola e abriu o marcador.

Depois disso, o árbitro brasileiro Raphael Claus decidiu em paralisar a partida por consequência da incessante chuva no estádio. A paralisação durou quase uma hora. A água parou de cair e o duelo foi retomado. Mesmo com a vantagem, a equipe do Independiente del Valle continuou dominando as ações. O Colón quase não assustava o goleiro Leonardo Burián. Em uma das poucas chegadas, a equipe ofereceu o contragolpe, uma especialidade dos Negriazules. Jhon Sánchez carregou a bola desde a intermediária, invadiu a área e sacramentou o placar de 2 x 0. Em virtude da desvantagem de dois gols, o elenco comandando por Pablo Lavallén desceu para o vestiário de cabeça quente.

https://www.instagram.com/p/B4qHZWxFAp_/?utm_source=ig_web_copy_link

2º TEMPO

Após 45′ para se esquecer, Los Sabaleros mal iniciaram a segunda etapa e ganharam um pênalti. O presente veio graças a falta de Anthony Landázuri em Wilson Morelo, confirmada pelo Raphael Claus. Luis Rodríguez, referência da equipe, chamou a responsa. Todavia, La Pulga não contou com a destreza de Jorge Pinos, que defendeu a cobrança. Essa foi a primeira penalidade defendida por Pinos com a camisa Negriazul. Em seguida, o mesmo Morelo que sofreu a penalidade, conseguiu penetrar ao bom esquema defensivo armado pelo técnico Miguel Ramírez. O camisa 27 invadiu a área, ignorou as poças de água e driblou três defensores, mas o arquero buscou a bola em seus pés. Minutos depois, Tomás Chancalay chutou de bate pronto após falha da zaga, e Jorge Pinos, sempre atento, defendeu em dois tempos.

Depois dessas boas chegadas, a intensidade de ambas equipes caiu. Afinal a cancha estava encharcada, os passes mais básicos se tornavam complicados. Contudo, aos 43′ o Colón conseguiu dois escanteios consecutivos. No segundo, Jorge Ortega dominou meio sem jeito e Emanuel Olivera só teve o trabalho de balançar as redes. Assim, a hinchada sabalarea, até então quieta, voltou a cantar tornando a Olla Azulgrana em um verdadeiro caldeirão. Sem nada a perder, todos os jogadores partiram para cima. Como resultado, o Independiente fechou sua defesa, e adotou os contragolpes. No primeiro deles Alejandro Cabeza driblou Burián, que estava adiantado. Com a meta livre, o camisa 9 rolou para Christian Dájome sacramentar 3 x 1 e o título.

https://www.instagram.com/p/B4qm_H5oiMu/?utm_source=ig_web_copy_link

E AGORA?

Conforme o triunfo por 3 x 1, o Independiente del Valle sagrou-se campeão da Copa Sul-Americana de 2019. Como resultado, a equipe garantiu vaga na Copa Libertadores de 2020, e um prêmio oferecido pela CONMEBOL no valor de 4 milhões de dólares (R$ 16,7 milhões). Além disso, o time de Sangolquí, região metropolitana de Quito, também está na briga pelo Mundial de Clubes da FIFA 2021. O próximo desafio dos campeões será diante do Delfín no domingo (24), pelas quartas de final do Campeonato Equatoriano. Por outro lado, o Colón perdeu a primeira final de toda a sua história. No retorno à Argentina, Los Sabaleros encaram o Estudiantes de La Plata.

MELHORES MOMENTOS

Foto destaque: AFP

Luciano Massi

Sobre Luciano Massi

Luciano Massi já escreveu 279 posts nesse site..

Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

BetWarrior


Poliesportiva


Luciano Massi
Luciano Massi
Me chamo Luciano Massi, tenho 20 anos, sou paulistano. Estou no 6º semestre do curso de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Desde criança fanático pelo futebol dentro e fora das quatro linhas, histórias que vão além do esporte. Produzo o Derbicast, podcast voltado ao futebol alternativo, dando enfâse aos esquecidos. Entretanto, nunca me dei bem com a bola...

    Artigos Relacionados

    Topo