Defensa y Justicia renova com Sebastián Beccacece até 2022

Campeão da Sul-Americana e da Recopa, Sebastián Beccacece renovou seu contrato com Defensa y Justicia até 2022. Todavia, o treinador está em sua terceira passagem no Defe e conseguiu feitos históricos nos últimos anos. No comando do plantel, o comandante liderou a equipe em 111 jogos. Assim, venceu 54, empatou 29 e perdeu 28, convertendo 144 gols e recebendo 101, obtendo 57,36% dos pontos em jogo.

Beccacece e Defensa y Justicia: o casamento que deu certo

Sobretudo, Beccacece chegou em 16 de novembro de 2016 ao Defensa y Justicia. Assim sendo, em sua primeira participação à frente da equipe na Sul-Americana eliminou o São Paulo. Após dois empates, o Defe se classificou pelo critério gol fora. Ainda assim, o El Halcón conquistou sua primeira vitória internacional diante da Chapecoense. No Argentino, o plantel sob seu comando teve melhor desempenho na competição. Assim sendo, a equipe conquistou 15 vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Após isso, Beccacece aceitou o convite de auxiliar Sampaoli na Seleção Argentina. Em contrapartida, retornou em 2018 após a Copa do Mundo. Com isso, o treinador chegou às quartas de finais da Sul-Americana, onde foi eliminado pelo Júnior-EQU e conquistou a inédita vaga para a Libertadores. Ainda assim, o Defe obteve o vice-campeonato da Super League 2018-19. Dessa forma, o técnico comandou o plantel em 37 jogos, com 19 vitórias, 10 empates e oito derrotas.

Em suma, Sebastián Beccacece retornou ao El Halcón em fevereiro deste ano. Em seu comando, o treinador inovou o padrão de jogo do plantel. Com isso, o Defensa y Justicia conquistou a Recopa diante do Palmeiras, em Brasília, em dois grandes jogos. Pela Libertadores, o Defe classificou em 2º no Grupo A, e caiu nas oitavas de final para o Flamengo. Ainda assim, o plantel fez boa campanha pelo Argentino e encerrou na vice-liderança.

Foto destaque: Divulgação/Defensa y Justicia

Francisco Diogo
Apaixonado por futebol desde 1999, encontrei no jornalismo esportivo a realização de um sonho, que é trabalhar, viver e respira futebol.