Com o objetivo de montar um elenco mais competitivo, o Milan segue no mercado em busca de reforços. Desse modo, a equipe tenta a contratação do volante Bakayoko, que atualmente pertence ao Chelsea. Além disso, já teve passagem pelo clube italiano por empréstimo em 2018, atuando em 42 jogos. Segundo o jornal “The Sun“, o time inglês estaria disposto a diminuir o valor de 20 milhões de libras (R$ 141 milhões) pelo atleta para consolidar a negociação com os Rossoneri.

Bakayoko chegou ao Chelsea em 2017 e tem contrato até o ano de 2022. Contudo, estava atuando por empréstimo no Mônaco, da França. Com a camisa da equipe francesa, participou de 20 partidas da Ligue 1 e marcou apenas um gol na temporada de 2019/20. Assim, sem muito espaço no time da cidade de Londres, o jogador deve ter seu futuro decidido nos próximos dias. Por outro lado, em entrevista ao Tuttomercato, destacou seu carinho pelo clube italiano.

“Todos sabem que o Milan está no meu coração e tenho excelentes memórias. Neste momento sou jogador do Chelsea, depois vamos ver no futebol”, declarou.

Carreira de Bakayoko

Natural de Paris, Tiemoué Bakayoko nasceu em 17 de agosto de 1994 e iniciou sua carreira no Rennes, da França. Período depois vestiu a camisa do Mônaco por três temporadas. Posteriormente, em julho de 2017, transferiu-se para o Chelsea. No entanto, não apresentou um bom desempenho pelo time inglês. Sendo assim, na temporada seguinte, o volante foi emprestado ao Milan por um ano, com opção de compra definitiva após o término do vínculo. Já em 2018 retornou ao Mônaco, também por empréstimo.

Foto destaque: Divulgação/Twitter/T. Bakayoko

Maria Gabriella
Maria Gabriella
Maria Gabriella, baiana, natural de Riachão do Jacuípe. Graduando em Letras pela UEFS, amante da comunicação e encantada pelo poder transformador social e político que o esporte exerce, especialmente o futebol, que nos proporciona uma mistura de sentimentos e emoções a cada partida.

Artigos Relacionados