De Paul

A Udinese renovou o contrato com Rodrigo De Paul, nesta terça-feira (15). O meia argentino ficará ligado ao time até 30 de junho de 2024. No clube desde 2016, vive seu melhor momento da carreira e graças e a essa grande fase, teve um bom acréscimo salarial. Em síntese, o jogador ficou no clube de Udine graças ao treinador Igor Tudor que o considera uma peça fundamental para o elenco.

O craque vinha sendo sondado por grandes clubes da Europa, e era especulado principalmente na Fiorentina e no Milan. Além deles, clubes como Atlético de Madrid, Inter de Milão e Napoli também o consultaram na janela de transferência passada.

Após a confirmação da renovação contratual, o chefe do departamento de futebol Zebrette, Pierpaolo Marino, comentou:

“Queríamos mostrar ao Rodrigo o valor que ele tem em nossa equipe e, acima de tudo, estamos aplicando uma política de consolidação da estrutura técnica, considerando que também estão em andamento as negociações de renovação com outros atletas. A assinatura de De Paul aponta para uma política de feliz convivência com nossos atores e a força dos objetivos a serem perseguidos”, disse o dirigente.

https://twitter.com/Udinese_1896/status/1184133800693030914?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1184133800693030914&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.ogol.com.br%2Fnews.php%3Fid%3D265551

SUA CHEGADA NA ITÁLIA 

O jogador iniciou sua carreira no Racing e logo depois transferiu-se para o Valencia, onde não se adaptou. Na temporada de 2016, chegou no Campeonato Italiano por três milhões de euros e lá vingou. Aos 25 anos, jogou 116 jogos e anotou 17 gols com a camisa do atual clube e é uma peça fundamental para a equipe. Na temporada passada, anotou oito passes para tento e balançou as redes nove vezes em 36 partidas. Além disso, seu desempenho o rendeu sete convocações para sua seleção nacional e em seu último jogo de destaque foi em uma derrota contra o Parma por 3 a 1  mas que pontuou, segundo o Sofascore, 7.7.

 

Avatar
André Neves
Olá, me chamo André Neves sou jornalista em formação pela UFOP e sofredor por natureza. Ensinado desde novo a amar futebol pelo meu pai, fui pegando gosto e sonhando em trabalhar com o assunto. Em resumo, sou um frequentador de arquibancada e bares, hater de chuveirinho e amante do tiki taka.
https://medium.com/@nevestbc

Artigos Relacionados