Nesta sábado (4), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Audi Field, localizado na cidade de Washington, D.C., nos Estados Unidos, um duelo de alto nível acontece pela Major League Soccer, a famosa MLS. Assim, os donos da casa, DC United, recebem o Columbus Crew, pela 11ª rodada do torneio. Enquanto os mandantes estão na 2ª colocação com 17 pontos, os rivais estão em 5º, com 13. As equipes se enfrentaram no último dia 24 de abril, com vitória por 1 x 0 do DC com gol do inglês Wayne Rooney.

DC United

Por mais que sejam um dos líderes da competição, os anfitriões pecam no número de gols. Não são tão fortes no ataque e nem tanto assim na defesa. Em 10 jogos, foram cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Porém, seu ataque marcou apenas 13 gols (1,3 por jogo) e sofreu 10 (um tento por jogo). Entretanto, o fator casa não é sua fortaleza, visto que duas de seus três derrotas foram em seus domínios. Mas, mesmo assim, são favoritos no duelo. Em casa são cinco jogos, duas vitórias, o mesmo tanto em derrotas e um empate. Assim, foram apenas sete gols marcados (1,4) e seis sofridos (1,2). Além disso, são três jogos sem vencer como mandante. O técnico Ben Olsen terá desfalques para o confronto. Desta forma, os defensores Oniel Fisher, Joseph Mora e Chris Odoi-Atsem, e o meio-campista Antonio Bustamante ficam de fora por lesão.

https://twitter.com/dcunited/status/1124048414088495106

Provável escalação: Hamid; Brillant, Pines e Birnbaum; Jara, Durkin, Moreno e Arriola; Acosta, Rooney e Rodríguez. Técnico: Ben Olsen.

+++ Está participando do bolão do Brasileirão da empresa ou dos amigos e tem dúvidas para fazer seu palpite? O Futebol na Veia pode te ajudar! Clique aqui!

Columbus Crew

Os visitantes estão em busca de voltar a boa fase. O time começou muito bem na temporada, chegaram a ficar com seis jogos de invencibilidade. Porém, a equipe vem de uma má fase tremenda. São quatro jogos sem vencer, e pior, tendo quatro derrotas consecutivas. No ano são 13 jogos, incluindo três amistosos. Assim, sua média de ataque e defesa são de um gols marcado e sofrido por duelo, tento feito e sofrido 13 gols. Mas, para piorar, os defensores Milton Valenzuela e Harrison Afful estão lesionados. São seis vitórias, dois empates e cinco derrotas, sendo quatro reveses nas últimas partidas.

https://twitter.com/ColumbusCrewSC/status/1124675061988962305

Provável escalação: Steffen; Jiménez, Sauro, Abubakar e Francis; Artur, Trapp e Higuaín; Pedro Santos, Zardes e Robinho. Técnico: Caleb Porter.

Retrospecto

Já foram 50 embates entres os times, sendo que o equilíbrio é quase exato. Assim, o DC United tem 21 vitórias, o Columbus outros 20 triunfos e foram apenas nove empates. Com isso, o número de gols também têm paridade, ficando 69 x 68. Em 2018 foram três duelos: vitória do Crew por 3 x 1 em casa, troco do DC em seus domínios e um empates nos playoffs no terceiro encontro, por 2 x 2, e o Columbus levou por 3 x 2 na penalidades. Em 2019 já se encontraram e o DC United venceu fora por 1 x 0.

APOSTA INDICADA

Tendo em vista o fator casa e a boa fase dos mandantes, a aposta indicada é uma vitória do DC United, pagando 2.09 na 1xbet.

Odds: 1 (2.09) | x (3.54) | 2 (3.50)

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
https://bit.ly/EricFilardi

Artigos Relacionados