David Luiz sendo expulso na partida entre City x Arsenal

Depois de 99 dias a Premier League voltou a ter uma partida oficial. Sendo assim, Manchester City e Arsenal se enfrentaram em jogo válido pela 28ª rodada, no Etihad Satium. Ambas equipes começaram com equipes alternativas, principalmente a equipe de Guardiola, com Zinchenko, Fernandinho, Rodri, Bernardo Silva e Agüero no banco. Por outro lado, quem se destacou, de forma negativa no duelo, foi David Luiz, que saiu do banco de reservas. Isso porque o brasileiro falhou no primeiro gol dos Citizens e terminou sendo expulso ao fazer pênalti em Mahrez, que foi convertido por De Bruyne.

1º TEMPO

Como de costume, o Manchester City tomou as rédeas da partida logo nos primeiros minutos. Tanto que Bernd Leno foi o grande destaque da primeira etapa, então responsável pela igualdade do placar até os acréscimos… Com apenas 24 minutos a equipe do Arsenal teve de fazer duas substituições forçadas. Começando por Xhaka e depois com a lesão de Pablo Marí, que estava estreando na Premier League.

Depois dos 30 minutos jogados, os anfitriões conseguiram criar grandes jogadas. Essas, claro, passando principalmente pelos pés de Kevin De Bruye. Entretanto, o camisa 1 dos Gunners conseguiu fazer três boas defesa em um intervalo curto. Entretanto, depois do vacilo de David Luiz, que entrou no lugar de Marí, Sterling abriu o placar já aos 47. Consequentemente, colocando fim ao jejum de 12 jogos consecutivos sem marcar um gol.

2º TEMPO

David Luiz influenciou no resultado

Logo na volta para a etapa complementar, dois brasileiros participaram de um lance determinante na partida. Enquanto Ederson lançou a bola ao ataque, David Luiz derrubou Mahrez dentro da área e terminou sendo expulso pelo árbitro Anthony Taylor. Na cobrança, De Bruyne deslocou Leno e ampliou o marcador. Vale ressaltar que este foi quarto pênalti de David Luiz com a camisa do Arsenal somente nesta temporada.

E para uma equipe que já não fazia uma boa partida, com um a menos ficou ainda mais difícil. Tanto que o City acumulou mais de 70% de posse de bola no 2º tempo, com o triplo de passes trocado do Arsenal. Sendo assim, Guardiola aos poucos foi trocando seus jogadores, utilizando todas as cinco substituições, entretanto Leroy Sané permaneceu de fora – ele que realizou apenas uma partida na temporada, após grave lesão no ligamento cruzado do joelho. Contudo, depois de uma paralisação após forte de Ederson contra Eric Garcia, o próprio companheiro de equipe, ainda deu tempo de Phil Foden dar números finais a partida.

E AGORA?

Com esse triunfo, o Manchester City chega aos 60 pontos, assim, 22 atrás do Liverpool, que ainda irá jogar na rodada. Agora os Citizens voltam a campo na próxima segunda-feira (22), no próprio Etihad Stadium, contra o Burnely. Por outro lado, o Arsenal estaciona na 9ª rodada com 40 pontos, podendo ainda ser ultrapassado por Burnley, Crystal Palace e até o Everton, de Ancelotti. Contudo, o time londrino volta a campo no próximo sábado contra o Brighton, às 11h (horário de Brasília).

MELHORES MOMENTOS

Foto destaque: Reprodução/Twitter – David Luiz

Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados