Danubio bate Liverpool, fora de casa, com ajuda do quarteto fantástico

- Montevideo Wanderers confirma má fase perdendo para o Racing e o Nacional fica no empate com o Cerro

Dando start nos jogo da tarde de sábado e na segunda rodada do grupo A do Torneio Intermedio do Campeonato Uruguaio, o Liverpool Montevideo perdeu em casa para o Danubio, o Wanderers sucumbiu para o Racing e o Cerro arrancou um empate contra o campeão do Apertura, Nacional.

Torneio Intermedio – 2ª rodada

Liverpool Montevideo 3 x 4 Danubio

Liverpool perdeu em casa para o Danubio, de virada, no melhor jogo da rodada. A partida foi eletrizante desde o começo. E quem abriu o placar foram os negriazuis. Em apenas 18 minutos conseguiram dois gols, o primeiro com Juan Ignacio Ramírez, aos 8′ e o segundo 10 minutos depois, com Diego Guastavino. O time da casa parecia ter o controle da partida, e nos 20 primeiros minutos tinha, mas os boêmios começaram a reagir. O vice-artilheiro do campeonato, David Terans, diminuiu para os visitantes aos 30′ e Carlos Grossmüller empatou aos 42′, levando a igualdade para os vestiários.

Ignacio “Nacho” González comemora gol do Danubio (Reprodução/Tenfield)

Na etapa final, mais Danubio. Ignácio “Nacho” González marca o terceiro e coloca os visitantes a frente, aos 70′. Mas os donos da casa ainda estavam vivos e, 10 minutos mais tarde e Federico Platero empatou a partida de novo. Fechando o marcador, aos 91′, nos acréscimos e no apagar das luzes, Sergio Felipe liquidou a fatura e garantiu a vitória visitante.

Montevideo Wanderers 0 x 1 Racing

Racing fez um péssimo Apertura e o Montevideo Wanderers ficou um pouco acima, mas também deixou a desejar. Jogando em casa, os vagabundos perderam pelo placar mínimo para os visitantes. O gol do jogo foi marcado por Martín Barrios, aos 82 minutos.

Cerro 2 x 2 Nacional

Cerro tinha a difícil missão de parar o forte e campeão do Apertura 2018, Nacional. E parou. Mesmo que não foste com vitória, arrancar um empate do melhor time da temporada é muito importante para as aspirações do time. O artilheiro do uruguaio com 10 gols, Gonzalo Bergessio, fez o 11º gol dele na temporada e abriu o placar para os visitantes aos 37 minutos de jogo. Três minutos mais e Franco Lopéz empatou para os albicelestes. Ainda no primeiro tempo, aos 47′, Sebastián Fernández colocou os tricolores a frente. Após o intervalo, com 15 minutos de jogo e López fez seu segundo tento na partida e fechou a conta com um empate de 2 x 2. Gosto de vitória para os mandantes, mas nada satisfatório para o Alexander Medida, técnico do Nacional:

“Estou saindo com um gosto amargo, porque não gosto de empatar. Geramos oportunidades de conversão, não as concretizamos e não conseguimos vencer. Nós também cometemos erros na bola parada e pagamos caro. O primeiro gol deles foi incrível e no segundo também. Houve uma queda defensiva”, disse o comandante tricolor.

Alexander Medina, técnico do Nacional (Reprodução/Tenfield)
Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 1233 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.

BetWarrior


Poliesportiva


Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia. Sou Eric Filardi, paulistano de 27 anos, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia: sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo