D’ALE EXEMPLO

Foi um sucesso, o Lance de Craque 2015 no Estádio Beira-Rio promovido por D'alessandro, meia e ídolo do Internacional mobilizou 23 mil pessoas ontem em Porto Alegre. O jogo beneficente ajudaria 4 instituições, e o torcedor abraçou a causa e compareceu.
No campo, vários ídolos da torcida colorada, e até gremista, como Danrlei ex-goleiro Campeão Brasileiro e da Libertadores e Baidek, Campeão do Mundo pelo Grêmio em 1983. Marcelo Grohe atual goleiro gremista também se fez presente mas não jogou.
Pelo lado colorado foi recheado de atrações para o torcedor, ídolos do passado, jogadores que fizeram história pelo time, e os atuais atletas que já fazem parte do elenco, e alguns que estão em atividade e a torcida pede a todo momento que volte.
O jogo foi dividido pelos times Esperança e Solidariedade, no time da Esperança que usava o uniforme branco a escalação era a seguinte: Danrlei, Ceará, Indio, Argel, Sorín, Rodrigo Dourado, Lucho Gonzáles, D'alessandro, Palermo, Recoba, Lauro, William, Bolívar, Baidek, Márcio Chagas, Zé Elias, Vangiono, Iarley, Toni Pacheco e Leandrão. No comando no banco de reservas, Dunga e Fernando Carvalho, ex-presidente do Internacional.
No time da Solidariedade, que usava o uniforme Preto, a escalação levava os seguintes Craques: Goycochea, Nei, Leonardo Silva, Heinze, Wendell, Magrão, Anderson, Ruben Paz, Aimar, Taison, Leandro Damião. Ayala, Kleber, Darío Rodriguez, Ponzio, Sandro Sotilli, D'alessandro, Marcelo D'alessandro, Francisco Ayala e Rentería. No banco Paulo Roberto Falcão.
A partida contou com o recurso do vídeo, em lances duvidosos o árbitro Sávio Spíndola podia ir a tv do lado do campo ver o lance novamente e fazer a decisão correta. E isso aconteceu 2 vezes, no 1º tempo no Lance de Damião que driblou 2 zagueiros e deu uma cavadinha na saída do goleiro Danrlei e Ceará tirou em tempo ainda em cima da linha, e o árbitro consultou o vídeo e confirmou que não houve gol. E no 2º tempo no gol de Iarley que foi anulado por impedimento.
O jogo foi recheado de gols, 11 no total, com vitória do time da Solidariedade por 7 a 4, dos 11 gols 4 foram de pênalti, todos convertidos por Ruben Paz, Leandrão, Recoba e Sandro Sotilli. O maior artilheiro do Boca Juniors Palermo deixou 2, o dono da festa D'alessandro não fez nenhum, mas deu 3 assistências. Leandro Damião, um dos mais ovacionados pela torcida e que pode estar de volta ao Internacional fez 2, o querido pela torcida Taison, que deixa sempre claro o seu desejo de voltar deixou o dele. Leonardo Silva do Atlético-MG também deixou o dele ao seu estilo, de cabeça, e Sandro Sotilli maior artilheiro da história do Campeonato Gaúcho fez mais 1 e fechou o placar.
Ao Final do jogo, todos saíram vencedores, a torcida por prestigiar grandes jogadores, as instituições beneficiadas e o espetáculo que por si só foi uma vitória. Foi a 2º edição do Lance de Craque promovido por D'alessandro, que promete mais em 2016.

BetWarrior


Poliesportiva


Weslley Dias
Weslley Dias
O futebol me conquistou ainda novo e levo esse amor para a vida toda, quero fazer disso um trabalho e inclusive apesar da pouca idade já lido com isso".

    Artigos Relacionados

    Topo