Público

Antes de mais nada, os deputados de Mato Grosso aprovaram em sessão, na última segunda-feira (19), o projeto de lei que permite a volta de 35% do público aos estádios durante jogos realizados no estado. Dessa maneira, agora, o governador Mauro Mendes (DEM) precisa autorizar o projeto. Assim, caso aprovado, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) analisará o caso.

Por outro lado, de acordo com Eduardo Botelho (DEM), autor da proposta, só serão permitidos torcedores que estiverem com o comprovante de vacinação contra a Covid-19, com as duas doses ou com a dose única. Além de pessoas que tenham testado negativo para um exame RT-PCR, realizado em até 48 horas antes do evento. Dessa forma, o projeto de lei aponta que a quantidade de público autorizada não poderá ultrapassar os 35% da capacidade do estádio.

Eduardo Botelho defende que, devido a pandemia, desde março de 2020, os clubes do estado vêm sofrendo com perdas de receitas. Isso ocorre devido a não comercialização dos ingressos e também a não comercialização no próprio estádio, com alimentos e bebidas.

Além disso, o Campeonato Mato-grossense, por exemplo, ficou suspenso por oito meses em 2020 e, quando retornou, voltou sem a presença de público. Então, para Eduardo Botelho, o retorno do público nos estádios seria uma forma de aliviar as finanças dos clubes, aumentando assim suas receitas.

Volta do público pode ajudar Cuiabá

Dessa maneira, o Cuiabá pode ser um dos maiores beneficiados do projeto. Isso porque o clube é o único do estado que joga o Brasileirão Série A. Logo, a volta dos torcedores, ajudaria o Dourado, que não começou bem a competição.

Em suma, em 10 jogos, o Cuiabá somou nove pontos, dos 30 possíveis. Dessa forma, o Cuiabá amarga a 17ª colocação, em seu primeiro ano na elite do futebol nacional. No geral, a equipe tem uma vitória, seis empates e três derrotas no Brasileirão.

Foto Destaque: Junior Silgueiro/Secom-MT

Gerson Nichollas
A escolha do jornalismo veio para unir minha paixão por escrever e também o amor que tenho pelos esportes, principalmente o futebol. Por isso, tenho um blog chamado "Segue la Pelota" para falar sobre esta modalidade. Por outro lado, sou uma pessoa muito comunicativa e acredito que com a minha espontaneidade vou chegar longe na profissão, tendo como maior objetivo trabalhar em frente às câmeras.