Torcedores do Cuiabá assistes à partida na Arena Pantanal de máscara

Para o confronto contra o São Paulo na próxima segunda-feira (11), às 20h (horário de Brasília), o Cuiabá contará novamente com o apoio da torcida. O confronto marca a 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. A diretoria divulgou os preços dos ingressos. Veja mais informações no nosso prognóstico.

Da mesma forma como ocorreu no duelo contra o América-MG, o teste negativo para Covid-19 deverá ser apresentado. Agora, a novidade é que o torcedor poderá recorrer ao teste antígeno. Anteriormente, só o RT-PCR era aceito.

Além disso, um decreto definiu a ampliação da capacidade liberada. A princípio, somente 35% do estádio podia ser ocupado. Agora, 50% da Arena Pantanal ficará à disposição dos torcedores. Ou seja, cerca de 20 mil pessoas.

Os preços dos ingressos para Cuiabá x São Paulo

Assim como no primeiro duelo do retorno do público, a diretoria do Dourado liberou somente alguns setores. Entretanto, há dois novos espaços, incluindo o setor dos visitantes. Veja valores:

  • Leste Inferior – ESGOTADO: R$ 100 (meia: R$ 50)
  • Leste Superior: R$ 50 (meia: R$ 25)
  • Camarote Oeste: R$ 400 (meia: R$ 200)
  • Norte Inferior (para visitantes): R$ 100 (meia: R$ 50)

Para os visitantes, especificamente, vale ressaltar que está proibida a entrada com a camisa do time, já que a CBF recomendou em seu protocolo “a presença somente da torcida mandante do clube, a fim de se evitar deslocamentos de torcedores de outras localidades“. A saber, em comparação à última partida, a média do preço dos ingressos caiu R$ 30.

Pontos de vendas

– www.tickethub.com.br
– Dourado Store (L3 Shopping Estação)
– Escolinha do Cuiabá (Avenida Beira-Rio)

Foto destaque: Divulgação/Asscom Dourado

Guilherme Guidetti
Guilherme Guidetti, paulista, nascido em São Caetano do Sul no dia 17 de fevereiro de 1994, mas residente de Santo André desde os primeiros dias de vida. A paixão por futebol vem da família, enquanto o gosto por escrever foi herdado do pai, caminhoneiro. Habilidoso com a canhota – exclusivamente segurando a caneta na mão –, realiza diariamente o sonho de ficar perto do esporte através do jornalismo. De apresentador de programa de rádio a assessor de imprensa, sua ainda curta carreira na profissão já foi o suficiente para saber que faz aquilo que mais ama – e o faz com a mesma paixão com que joga bola com os amigos.