Cuca valoriza insistência do Santos e liderança na Libertadores: “Fomos premiados”

- Treinador não poupou jogadores na vitória sobre o Defensa Y Justicia
Cuca valoriza insistência do Santos e liderança na libertadores:" fomos premiados

O Santos, mesmo garantido nas oitavas de final, entrou com força máxima para o último jogo da fase de grupos da Libertadores. O Peixe, que no entanto, saiu atrás do placar na Vila Belmiro, mas a insistência dos jogadores, premiou o clube com uma vitória de 2 x 1 sobre o Defensa Y Justicia na terça-feira (20) às 19h15 (horário de Brasília).

SANTOS

O Santos, com o resultado desta terça-feira, soma 16 pontos no Grupo G da Libertadores. Isolado na liderança e com mais do que o dobro de tentos do então, 2º  colocado. O técnico Cuca valoriza acima de tudo a ótima campanha do time Alvinegro Praiano, na fase de grupos da competição.

Peixe que além da ótima campanha na Libertadores, contou com a estreia do então, garoto Lucas Braga. O atacante, torcedor do Santos até tempos atrás, marcou o gol de empate e deu assistência para Marcos Leonardo, virar o jogo para o time.

No entanto, o Santos já vira sua chave para o Brasileirão, onde na próxima rodada, enfrenta o Fluminense, pela 18ª rodada, no domingo (25) no Estádio do Maracanã.

LUCAS BRAGA

Logo depois de marcar seu primeiro gol com a camisa do Peixe, o jogador não aguentou emoção e chorou na sua comemoração e falou: “Foi uma noite maravilhosa”.

Santista desde a infância, Lucas Braga, durante sua entrevista, lembrou que há três anos acompanhava a equipe nas arquibancadas do Pacaembu. Em entrevista coletiva, Lucas citou:

” Experiência única o que estou vivendo, tudo muito rápido. Até 2017 acompanhava o Santos no tobogã do Pacaembu. Até hoje não caiu a ficha”.

Lucas Braga, agora junto com time quer manter o bom momento que vive na Libertadores e no Brasileiro busca alcançar os lideres da tabela e pra isso, vai até o rio enfrentar o Fluminense.

Foto Destaque: Divulgação/ Santos FC

BetWarrior


Poliesportiva


João Marcos Novack
João Marcos Novack
Escolhi jornalismo pelo amor ao mundo esportivo. Já fiz revista e jornal pela faculdade. Meus objetivos são chegar a grandes emissoras de TV esportiva. Sou bem animado, divertido, comunicativo e atencioso.

    Artigos Relacionados

    Topo