Cruzeiro rescinde com zagueiro Ramon que está na mira do Atlético-GO

O zagueiro Ramon, que pertence ao Cruzeiro, está a caminho do Atlético-GO. O defensor de 26 anos tem contrato com o clube mineiro até 31 de dezembro de 2023, mas não aceitou a redução salarial proposta pelo clube.

De acordo com a rádio Itatiaia, Ramon tem um acordo salarial encaminhado com o Dragão para 2022 e pode ter seu futuro definido nos próximos dias. Falta, porém, uma definição em relação a sua saída do Cruzeiro. Uma rescisão inclusive não está descartada.

Primeiramente, o defensor não teve seu nome divulgado na lista da pré-temporada da Raposa. Diferentemente de Sidnei, zagueiro ex-Bétis (ESP). A relação de Sidnei no plantel pode ser um indício da saída de Ramon. Pelo clube mineiro, Ramon disputou ao todo 73 jogos e marcou cinco gols.

Leia mais:

Zagueiro Ramon busca rescisão com Cruzeiro

Fora dos planos do Cruzeiro em função do aspecto financeiro, o zagueiro Ramon negocia com a diretoria a rescisão do contrato válido até o fim de 2023.

Decerto, a informação sobre o interesse do Dragão em contar com o atleta foi confirmada pelo GE. Contudo o Atlético-GO admite ter interesse no jogador. Mas as negociações ainda não estão fechadas e o acerto depende principalmente do acordo entre o zagueiro e o Cruzeiro pela rescisão.

Com a mudança da gestão para a equipe de Ronaldo, foi proposta ao staff do jogador uma redução drástica nos vencimentos, rejeitada pelo mesmo. Diante disso, Ramon foi liberado para procurar outro clube, sendo oferecido ao Atlético-GO.

Trajetória de Ramon no Cruzeiro

A princípio, em 2020, a chegada de Ramon ao Cruzeiro já foi polêmica. Ele havia assinado um pré-contrato em 2019 e se apresentou na Toca da Raposa. À época, também houve uma mudança de gestão e a necessidade de reajuste no salário. O atleta foi dispensado, mas retornou meses depois.

Dessa forma, em pouco menos de dois anos vestindo a camisa do clube, disputou 73 partidas. O melhor momento foi no segundo turno da Série B de 2020, quando atuou na defesa ao lado de Manoel. O setor foi o ponto alto do time à época comandado por Luiz Felipe Scolari.

Por fim, durante boa parte de 2021, Ramon foi titular do time, mas viveu altos e baixos. Fez 44 partidas, todas como titular, mas terminou a Série B como reserva na equipe de Luxemburgo, não tendo entrado em campo nas últimas seis rodadas da competição.

Foto destaque: Divulgação/ Cruzeiro

Carla Regina
Acredito que o jornalismo faça parte de mim, por ser uma pessoa bem comunicativa. Apaixonada e amante do futebol, sonho em crescer na área esportiva.