Cruzeiro e Figueirense ficam no empate em Belo Horizonte

- Resultado é nocivo para ambas as equipes; Raposa se mantém na porta do Z4, enquanto o Figueira segue na degola
Cruzeiro x Figueirense

Cruzeiro e Figueirense empataram por 1 x 1, na noite desta sexta-feira (20), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. A partida ocorreu no Mineirão, onde os mandantes novamente tropeçaram. Os dois gols da partida saíram na primeira etapa, dos pés de Leo Arthur, pelo Alvinegro, e de Airton, pela Raposa. Sendo assim, o placar final foi desfavorável para os clubes, que brigam na parte de baixo da tabela.

1º TEMPO

A primeira etapa foi bastante movimentada. Logo no segundo minuto de jogo, o Cruzeiro assustou o adversário. Airton tocou para Cárceres na direita e o meia finalizou forte. No entanto, Sidão conseguiu espalmar e zaga afastou. Em seguida, aos 8′, Rafael Sóbis, estreante da noite, chutou de longe, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A resposta Alvinegra veio minutos depois, em contra ataque rápido, logo após uma falha na cobrança de escanteio de Sóbis. O atacante celeste cobrou muito forte, Bruno Michel recuperou e lançou no ataque para Léo Artur, em passe de profundidade. Sendo assim, o atacante disparou, ficou cara a cara com o goleiro Fábio e de cobridinha marcou um golaço para o Figuera.

Aos 25′, o Figueirense ainda teve outra grande chance. Patrick recebeu livre na grande área, mas finalizou mal e a bola passou no canto direito do goleiro Fábio. Posteriormente, o Cruzeiro conseguiu diminuir o placar, com Airton. O meia recebeu na esquerda, limpou para o meio de campo e bateu colocado, de fora da área, para fazer um belíssimo gol.

Aos 40′, em bicicleta de Diego Gonçalves, o Furacão do Estreito quase conseguiu ampliar o placar no Gigante da Pampulha. Entretanto, Fábio estava atento e conseguiu fazer grande defesa.

2º TEMPO

Diferente da primeira etapa, o 2º tempo foi mais pacato e com poucas oportunidades. A primeira chance foi da equipe catarinense. Bruno Michael finalizou de fora da área, mas a bola saiu pela linha de fundo, sem grande perigo. Em seguida, o Cruzeiro ameaçou com chute seco de Régis, mas Sidão conseguiu espalmar. No rebote, Marcelo Moreno, quase na linha de fundo, cruzou sem jeito e o goleiro Alvinegro agarrou sem dificuldade.

Aos 29′ o Figueirense assustou os mandantes em chute colocado de Léo Arthur. No entanto, Fábio se esticou e conseguiu desviar a bola para a linha de fundo. No final do jogo, já nos acréscimos, a Raposa ainda teve um pênalti marcado em cima de Arthur Caíke. Contudo, no início da jogada, o assistente havia marcado impedimento e a penalidade foi anulada.

CRUZEIRO X FIGUEIRENSE – E AGORA?

Como resultado do revés, ambos os clubes seguem em situação delicada. Tanto o Cruzeiro, quanto o Figueirense se mantiveram na mesma colocação – 15º e 18º lugar, respectivamente. Com isso, as equipes continuam na luta para se afastarem da zona de rebaixamento.

O próximo jogo da Raposa será na terça-feira (24), às 21h30, contra a Chapecoense, na Arena Condá. Por outro lado, o Furacão do Estreito recebe o Sampaio Corrêa na segunda-feira (23), às 17h em Santa Catarina.

MELHORES MOMENTOS – BOCA JUNIORS X LANÚS

Foto Destaque:  Divulgação/Mineirão

BetWarrior


Poliesportiva


Isabella Cunha
Isabella Cunha
Sou de Belo Horizonte, tenho 22 anos, estudo jornalismo na PUC Minas, sou cartoleira e fanática por futebol. O desafio de quebrar o estereótipo masculino no meio esportivo é combustível para eu continuar aprendendo cada vez mais sobre o assunto. Essa paixão me move, eu vivo por esse sentimento, e viverei. Tanto pessoalmente, quanto profissionalmente.

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo