Após o término da rodada 35 do Brasileirão, Abel Braga entregou o cargo de treinador devido a derrota sofrida na quinta-feira (28) para operder de 4 x 1 para o campeão Flamengo. Nessa temporada a Raposa já teve quatro comandantes diferentes, Mano Menezes, Rogério Ceni, Abel Braga e agora Adilson Batista. 

O time mineiro vem de uma sequência ruim no Campeonato Brasileiro, na qual são cinco jogos sem vitória, tendo empatado três, mas perdido os últimos dois. Essa sequência fez com que o clube não conseguisse sair da zona de rebaixamento. No momento, se encontra na 17° colocação, mas estando a um ponto do Ceará, primeiro time fora do Z4.

Abel Braga

Chegou a exatos dois meses, com a missão de salvar o Cruzeiro do rebaixamento mas comandou o time em apenas 14 jogos. Como técnico da Raposa ganhou três partidas, empatou oito e perdeu três. Esse aproveitamento não foi o bastante para tirar o time mineiro da zona do rebaixamento, o que causou sua demissão. Outro técnico que sofreu com essa falta de tempo de trabalho foi o Rogério Ceni, que saiu do Fortaleza para comandar o a Celeste mas ficou apenas oito duelos no comando da equipe. Abel Braga esse ano já comandou o Flamengo e conquistou a Florida Cup (torneio de pré temporada), Campeonato Carioca Taça Rio, mas pediu demissão do clube carioca no dia 29 de Maio, com um aproveitamento de 64%.

Adilson Batista

Ex técnico do Ceará, time que também esta brigando para não ser rebaixado, foi contratado para o Cruzeiro, justamente com a missão de passar seu antigo clube na tabela. Adilson Batista teve um aproveitamento de 35,9% no comando do time cearense, tendo quatro vitórias, dois empates e sete derrotas. O treinador chega na pior fase do clube na história. A Raposa passa por grandes dificuldades, desde salários atrasados e dívidas, a uma possível corrupção da diretoria. Após a contratação do novo técnico, Zezé Perrella dirigente do Cruzeiro falou na coletiva: “Eu nem combinei salário com o Adilson Batista. Apenas falei: ‘Venha, vamos tirar o Cruzeiro dessa e depois a gente conversa'. Não tem nem contrato. Depois a gente conversa.”. Na próxima rodada, a Celeste enfrenta o Vasco em São Januário, precisando vencer. Além disso, deve torcer para que o Ceará não vença o Athletico-PR  no Castelão.

Avatar
Lucas Maia
Estar o mais perto possível do esporte sempre foi um sonho para mim, o caminho que escolhi foi o jornalismo. No momento estou cursando graduação neste ramo da comunicação. Participo de um podcast chamado "paulistinha" onde falamos sobre os quatro maiores clubes paulistas, tenho como objetivo ser repórter de campo, cobrir diversos jogos e entrevistar jogadores, sou uma pessoa muito focada, sempre dou o meu melhor em tudo que faço, procuro aprender cada vez mais com as pessoas que já tem mais experiência e consigo aceitar muito bem críticas construtivas que vão me ajudar no futuro.

Artigos Relacionados