Cruz Azul x Pumas (Foto destaque: Reprodução/FNV)

Na virada desta quinta-feira (3) para sexta-feira (4), Cruz Azul e Pumas se enfrentam pelo jogo de ida da semifinal do Apertura Mexicano 2020, no Estádio Azteca. A partida se inicia à 00h (horário de Brasília). Após eliminar o Tigres, o time da casa recebe os vencedores do confronto contra o Pachuca, que não costumam facilitar em jogos como visitante.

CRUZ AZUL

Na última partida, a Máquina Cementera perdeu para o Tigres por 1 x 0, mas se classificou mesmo assim, pois venceu o confronto de ida por 3 x 1. Dessa forma, o técnico Robert Siboldi sabe que está muito perto de chegar à final. Para isso, tem que passar pela equipe do Pumas, começando pelo jogo em casa.

No Estádio Azteca, o Cruz Azul tem um bom histórico: cinco vitórias, um empate e duas derrotas em oito jogos. Além disso, marcou o dobro de gols que sofreu: 12 x 6. Muitos desses tentos têm como autor Jonathan Rodríguez, já que o goleador comemorou 13 tentos na temporada e é o artilheiro do ano no México, empatado com Gignac.

PUMAS

No jogo de volta das quartas, a equipe de Andrés Lillini ficou no 0 x 0 contra o Pachuca. Assim, garantiu a possibilidade de disputar a semifinal contra o Cruz Azul, porque havia vencido na ida por 1 x 0. Agora, ir até a capital e bater o adversário em seu próprio estádio parece uma tarefa árdua, porém o UNAM não se intimida quando joga fora.

Nas oito partidas que fez longe do Estádio Olímpico Universitário, só perdeu uma vez. De resto, venceu três confrontos e empatou quatro. Ou seja, um empate nesta madrugada de sexta-feira cairia bem ao Pumas, principalmente se conseguir anotar pelo menos um gol. Quem pode auxiliar nesse objetivo é o argentino Juan Dinenno, que marcou dez gols no Apertura, mas ainda não balançou a rede na Liguilla.

RETROSPECTO – CRUZ AZUL X PUMAS

Segundo o site Transfermarkt.com, 42 é o número de encontros entre os times. Desse modo, quem leva vantagem é a Máquina Azul, com 22 vitórias. Pelo outro lado, o Equipo del Pedregral tem nove triunfos, além de 11 empates. Contudo, o que chama a atenção é a diferença de gols: 65 a favor do time da casa, 40 a favor dos visitantes. Quando os jogos acontecem no Azteca, o equilíbrio é maior.

São sete vitórias para o Cruz Azul, seis para o UNAM e sete empates. Ademais, a rede balançou 49 vezes no total, sendo 26 para os mandantes e 23 para seu adversário. No último confronto, a vitória foi do Pumas por 2 x 1, em partida válida pela 17ª rodada do Apertura Mexicano, realizada longe de seus domínios.

APOSTA INDICADA E PALPITE

Nos jogos com mando do Cruz Azul, o confronto costuma ser bem equilibrado. Porém, os mandantes aparentam ter um poder de fogo maior do que seu adversário. Além do mais, parar o artilheiro do país no momento não é tarefa fácil. Sendo assim, o palpite fica na vitória por 2 x 1 do time da casa. Por fim, a Bet365 paga 1.65 em apostas favoráreis à Máquina Cementera.

Odds: 1 (1.65) | x (3.75) | 2 (4.75)

Foto destaque: Reprodução/FNV

Avatar
Rafael Sant'Ana
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonado por informação e esportes desde sempre. Enquanto estudante, já escrevi textos sobre esportes americanos para alguns sites. Tenho o sonho de exercer a profissão no exterior. Dedicação e interesse por estudar são algumas de minhas marcas.

Artigos Relacionados