De antemão, a atacante Cristiane irá reforçar a equipe de comentaristas da Globo para as Olimpíadas de Tóquio. De fato, a camisa 11 do Santos é uma das maiores jogadoras da história. No entanto, a jogadora ficou fora da convocação da técnica Pia Sundhage.

Seleção Brasileira

Aliás, Cristiane é a maior artilheira de futebol nas Olimpíadas. Aos 36 anos, a atacante marcou 14 vezes em quatro edições: 2004, 2008, 2012 e 2016. Anteriormente, Mamãe Cris conquistou duas pratas olímpicas (2004 e 2008). Além disso, é a 2ª maior goleadora da história da seleção, com 83 gols, e a segunda jogadora que mais vezes defendeu as cores da Amarelinha – 117 partidas.

Cristiane fora das Olimpíadas

A saber, a técnica Pia convocou as jogadoras que participaram dos últimos amistosos contra Canadá e Rússia. Inclusive, essa será a primeira vez, desde 2004, que o trio Cristiane, Marta e Formiga não estará junto. Porém, a ausência de Cris chateou boa parte dos torcedores e até Galvão Bueno. Assim, o narrador deixou claro em alguns momentos sua insatisfação.

Em contrapartida, se analisar a partir dos números, a ausência da Mamãe Cris pode ser justificada. Isso porque, a capitã das Sereias da Vila esteve em cinco das 12 convocações que a treinadora sueca fez. Dessa forma, nos oito jogos que participou, marcou apenas duas vezes, ainda em 2019.

Adeus às Olimpíadas

É provável que esta tenha sido a última chance de Cristiane participar dos jogos olímpicos. Sendo assim, a atleta publicou em sua redes sociais um texto, após a não-convocação, e deu a entender estar chateada:

“Hoje deveria ter sido um dia de muita comemoração, celebração. Um dia tão importante para o futebol feminino e um dia que a expectativa era estar ali, dentro das 18 convocadas para representar o Brasil em Tóquio”, escreveu a atleta.

Por outro lado, a camisa 11 do Santos deixou claro que ficará na torcida pelas companheiras de grupo e pelo Brasil, agora, como comentarista. Na próxima quarta-feira (21), o Brasil estreia nos Jogos Olímpicos em partida contra a China. Além do adversário, Holanda e Zâmbia fecham a chave.

Foto Destaque: Divulgação/Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC.

Thaynara Bernardo
Apaixonada por futebol desde os 10 anos, encontrei no jornalismo uma forma de me conectar com essa grande paixão. Na faculdade, desenvolvi trabalhos que me tornaram uma profissional versátil, com fácil adaptação e que adora novos desafios. Espero que um dia eu consiga o meu lugar no jornalismo esportivo!