Jogadores do Monaco no jogo contra o Reims, pela Ligue 1 em 2020

Neste domingo (23), a coluna Parabéns ao Craque homenageia um dos clubes mais bem sucedidos da França. Com fundação em 23 de agosto de 1924, a Associação Esportiva de Monaco completa 96 anos. Em sua história, há uma coleção de títulos e elencos inesquecíveis.

FORMAÇÃO

A saber, o clube é resultado da união de algumas sociedades de esporte: o Clube de Natação, Monaco Sport, AS Beausoleil, Estrela de Mônaco e AC Riviera. Após a fusão, os Monegascos estrearam em 1924/25, embora a ascensão tenha começado 40 anos depois, como conta Pedro Natário, administrador do perfil AS Monaco FC Brasil no twitter.

“O Monaco começou a ter destaque no futebol francês no início dos anos 1960, quando era comandado por Lucien Leduc, maior treinador da história do clube. No fim dos anos 1970, o Monaco andou na 2ª divisão, mas conseguiu conquistar a Ligue 1 na temporada de retorno à elite (77/78). Aquele time tinha os dois maiores jogadores da história do clube: o goleiro Jeaan-Luc Ettori e Delio Onnis, maior artilheiro da história do clube”, relata.

A princípio, a primeira taça veio na Copa da França, depois da vitória contra o Saint-Étienne. Depois, a camisa diagonal foi introduzida à equipe, sendo um dos símbolos mais tradicionais até os dias de hoje.

https://twitter.com/AS_Monaco/status/1297477781606072323

ERA WENGER

O técnico Arsene Wenger chegou ao time em 1987, após deixar o AS Nancy-Lorraine. Já na primeira temporada, conquistou o título de campeão francês. Nessa época, jogadores como Manuel Amoros, Claude Puel e Glenn Hoddle integravam o elenco. Além disso, o time revelou outros nomes para os torcedores: George Weah, Jürgen Klinsmann, Youri Djorkaeff e Lilian Thuran.

Assim também, a conquista da Copa da França de 1991 entrou para o currículo do treinador. Após, pode-se acrescentar as classificações em terceiro e segundo lugar para Taça UEFA nas seguintes temporadas.

ANOS 90 E 2000

Ao final dos anos 1990, o Monaco aumentava o número de conquistas na Ligue 1. Desses títulos, Pedro comenta acerca de 1999/2000.

“Era um time com jogadores mais conhecidos. Aquele elenco tinha Willy Sagnol, Costinha, Lamouchi, Marcelo Gallardo, Ludovic Giuly, David Trezeguet e Marco Simone – estes foram artilheiro e vice daquela Ligue 1”, conta o torcedor.

Em relação a temporada 2003/04, o vice-campeonato da Champions League está marcado a memória dos Monegascos. Dessa maneira, representando o vermelho e branco, o espanhol Fernando Morientes venceu o prêmio de melhor atacante do torneio..

2016/17: PARA FICAR NA MEMÓRIA

“Acho que dificilmente o Monaco montará um time tão forte de novo. Uma das melhores temporadas da história do clube”

O relato de Pedro mostra o significado daqueles anos para quem acompanhou o clube. Com 95 pontos e 107 gols, o time levantou mais uma taça do Campeonato Francês. Além disso, chegou na semifinal da Champions. Assim, na liga, o jogo de volta das oitavas de final contou com uma vitória inesquecível. Dessa forma, venceu, por 3 x 1, o Manchester City.

Assim também, junto deste jogo, Natário afirma que outra partida também ficará para sempre em sua memória.

“Na mesma temporada, destaco um empate em 1 a 1 com o PSG, em Paris. Bernardo Silva marcou no último lance e, para muitos (incluindo eu), foi o gol mais emblemático da conquista da Ligue 1 16/17”, declara.

Assim, o Monaco comemora aniversário de 96 anos, com uma história recheada de troféus e craques, como Kylian Mbappé.

Foto destaque: Reprodução/Instagram/AS Monaco

Luma Lane Rodrigues
Meu nome é Luma Lane. Tenho 18 anos, sou da cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro e estou cursando o segundo período de jornalismo no UBM - Centro Universitário de Barra Mansa. Sempre fui apaixonada na área - em especial no jornalismo esportivo - e entrar para a faculdade me deu ainda mais certeza de que esse é o meu sonho. Gosto bastante de fotografar, ouvir músicas, ler e escrever. Considero o ramo extremamente importante e necessário, pelo contato com o público e por ter a transmissão da verdade como pilar principal. Nesse sentido, meu objetivo é conhecer diferentes culturas, esportes e pessoas, para contribuir de forma cada vez mais eficaz ao mundo. Nesta que é a minha primeira experiência profissional, espero colaborar com meus textos para o crescimento da plataforma, além de aprender com as técnicas do site para evoluir na carreira.

Artigos Relacionados