Cramer: o pai do futebol moderno no Japão

- Conhecido como o "professor de futebol", foi induzido no Football Hall da Fama Japonês
Dettmar Cramer

Na coluna Samurais da Bola desta semana, contaremos a história do homem que modernizou o futebol japonês, Dettmar Cramer (4 de abril de 1925 – 17 de Setembro de 2015). Foi um jogador e treinador de futebol alemão. Levou times como o Bayern de Munique à vitória, nas Copas dos Campeões da Europa de 1975 e 1976. Comumentemente, ficou considerado o pai do futebol moderno no Japão.

Sendo assim, além de membro da Ordem do Tesouro Sagrado também treinou brevemente a Seleção de Futebol dos Estados Unidos da América. Dessa forma, ficou conhecido como “Professor de futebol“,  por sua atenção aos detalhes. Também o chamavam de Napoleão, por causa da sua baixa estatura que era de 1,61 cm.

“PROFESSOR DO FUTEBOL”

Nasceu em 4 de abril de 1925, em Dortmund, Alemanha. Faleceu em 17 de setembro de 2015, aos 90 anos na cidade de Reit im Winkl, Alemanha. 

CARREIRA

A fim de fortalecer sua equipe nacional antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a Associação de Futebol do Japão teve a ideia. Contratar um treinador profissional estrangeiro. Cramer foi selecionado para esse papel. Com treinamento, a liderança dele e os esforços de seus jogadores, a equipe nacional japonesa conseguiu surpreender a Argentina.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o treinador alemão viu isso como uma confirmação de que o futebol japonês estava melhorando.

Portanto, os esforços de Cramer não se limitaram à equipe nacional, pois também formulou e implementou políticas de desenvolvimento geral. Assim, o treinamento de outros treinadores e o fortalecimento da equipe nacional contribuirão ao sucesso do Japão nas Olimpíadas de 68.

Logo, em 1964, Dettmar Cramer retornou à Alemanha para assumir o cargo de assistente do treinador da Seleção Alemã Helmut Schön. Portanto, nessa posição, ele participou da Copa do Mundo em 1966. A FIFA contratou-o como treinado, de 1967 a 1974. Além disso, se tornou treinador principal da equipe nacional dos Estados Unidos.

PASSAGENS POR CLUBES

Recebeu inúmeras ofertas de trabalho em clubes alemães na Bundesliga, embora constantemente rejeitasse. Em 1975, aceitou o convite e assinou com o Bayern de Munique.  A temporada da Bundesliga de 1976, no entanto, viu o Bayern ser incapaz de recuperar sua forma e depois de uma temporada ruim, Cramer foi forçado a renunciar à sua posição.

Esteve envolvido em uma troca entre o Bayern e Eintracht Frankfurt, que o viu tomar o lugar de treinador em Frankfurt, enquanto a treinadora do Frankfurt, Gyula Lorant, foi para o Bayern. No entanto, nenhum dos clube estava feliz com essa troca, já que o Bayern terminou em 12º lugar na tabela, enquanto o Frankfurt foram medíocres na melhor das hipóteses. Como resultado, o clube o demitiu em 30 de junho de 1978.

Na temporada 1982-83, o pai do futebol foi empregado na Bundesliga novamente, desta vez com o Bayer Leverkusen. Com isso, conseguiu liderar o clube para o seu primeiro top 9 no campeonato, durante seu segundo ano no comando. Todavia, acabou sendo demitido na terceira temporada no comando. Dettmar, encontrou emprego de treinador em vários clubes e associações internacionais em todo o mundo,

Contudo em 2002, Cramer anunciou oficialmente a aposentadoria do futebol.  Em 2005, sendo induzido ao Football Hall da Fama do Japão.

CLUBES QUE CRAMER FOI TREINADOR

1974 – Seleção de Futebol dos Estados Unidos

1975/76 – Bayern de Munique

1978 –  Eintracht Frankfurt

1982/83 –  Bayer Leverkusen

Foto destaque: Reprodução/Twitter/ESPN Brasil

BetWarrior


Poliesportiva


Milene Silva
Milene Silva
Escolhi jornalismo porque é uma profissão que me identifico. A primeira coisa que estou fazendo na área é escrever notícias sobre futebol. Meu objetivo é ser jornalista esportiva e vou batalhar muito pra consegui-lo.

Artigos Relacionados

Topo