Alario Copa

Antes de tudo, o atacante Lucas Alario está fora da Copa América 2021, que vai acontecer no Brasil. O treinador Lionel Scalioni teve de cortar o jogador de 28 anos, pois ele não se recuperou da lesão sofrida na Alemanha. Portanto, o atleta não pode seguir com a Seleção Argentina na disputa do torneio continental. Contudo, não se sabe se ele vai voltar a jogar na Europa agora. Já que o River Plate demonstrou interesse em repatriar o camisa 13 do Bayer Leverkusen.

https://twitter.com/futsulamerica_/status/1401909485837426689

Lucas Alario cortado da Copa América

Quando Alario chegou à Seleção, já se sabia que ele não participaria dos jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Então, o comissão técnica da Argentina não relacionou o atacante para os compromissos contra Chile e Colômbia. Nesse ínterim, o jogador participou de sessões especiais de recuperação. Aliás, ele chegou em Ezeiza, local onde a delegação se concentra, muito antes dos demais companheiros. Mas não obteve o resultado que queria.

Em síntese, Lucas Alario sofreu uma lesão no tendão da coxa direita, quando ainda estava no Bayer Leverkusen, dia 30 de abril. Como não conseguiu se recuperar, está oficialmente fora da lista de convocados para a Copa América de 2021, que começa no próximo dia 13. Entretanto, o técnico Scalioni ainda deve cortar mais quatro jogadores da relação final. Posto que, ele tem 33 nomes à sua disposição neste momento.

Alario no River Plate?

Antes de mais nada, Alario tem uma história vitoriosa no River Plate. Uma vez que o jogador conquistou a Libertadores e duas Recopas sul-americanas com o time. Outro fator que pode influenciar a favor dos Millonarios é a sequência de jogos. Enquanto o ele estiver em Leverkusen, não terá uma continuidade garantida dentro de campo. Diferente da equipe de Núñez, onde seria titular absoluto. Lucas se preocupa com isso, pois deseja disputar a Copa do Mundo no ano que vem. Atualmente, o passe do atleta gira em torno de 20 milhões de euros.

Foto destaque: Reprodução/GOAL

Carlos Soares
Carlos Soares
Além da enorme paixão pelo esporte, eu sempre tive facilidade com a comunicação no geral. É uma habilidade que me destaca em qualquer ambiente que esteja. O desejo de fazer jornalismo surgiu devido a vontade de fazer com que essa aptidão possa me proporcionar grandes desafios em minha carreira profissional, principalmente na área esportiva. Ao ingressar na faculdade e estagiar na área, descobri diversas abordagens diferentes que o jornalismo pode ter e a quantidade de histórias que estão esperando para serem contatadas. O que fez eu me interessar ainda mais pela profissão e querer desempenhar um fazer jornalístico objetivo e de qualidade.

Deixe uma resposta