Berrío Coritiba

O atacante Orlando Berrío, de 28 anos, pode ser o novo reforço do Coritiba. O atleta viveu um ano conturbado no , mas não será uma negociação fácil.

O Coritiba tenta contratação de Berrío por empréstimo até o final de 2020. Justamente no momento onde o colombiano tem seu vínculo encerrado com o Flamengo. Além disso, o Coxa deseja negociar que pague metade do salário do atleta, com os cariocas pagando a outra parte dos vencimentos do colombiano. Pode pesar a favor dos paranaenses na negociação, que o Mengão não tem o atacante em seus planos para 2019. Assim como a contratação de Pedro Rocha pode diminuir ainda mais o espaço do ex-Atletico Nacional no elenco.

Leia Mais:

Avaí anuncia Bruno Silva e corre para contratar técnico português

Zidane confirma volta de lateral direito ao Real Madrid

Goiás procura destino para Sidão

https://twitter.com/AnaliseCoritiba/status/1206597074248179712?s=20

NÚMEROS E DADOS DE BERRÍO NO FLAMENGO

Berrío chegou ao Flamengo em 2017, quando o Rubro-negro desembolsou cerca de 11 milhões de reais para contratar o atleta, junto ao Atletico Nacional. Entretanto, o atacante não atendeu a todas as expectativas criadas, tendo como principal momento com a camisa do Mengão, as semifinais da Copa do Brasil do mesmo ano que ele chegou, em partida contra o Botafogo. O colombiano sofreu com várias lesões graves e com a chegada de grandes nomes na sua posição, perdendo espaço.

Em sua passagem pelo Flamengo, Berrío atuou em 78 partidas com a camisa Rubro-negra. Sendo assim, marcou sobre as redes adversárias em apenas sete ocasiões. Enfim, pelo Mengão, chegou a dar cinco assistências. A negociação entre Coritiba e Flamengo pelo jogador só deve avançar após a disputa do clube carioca do Mundial de Clubes.

Foto destaque:Divulgação/Gilvan de Souza/Flamengo

Caíque Ribeiro
Olá, eu sou Caíque Ribeiro, tenho 20 anos e a paixão por esportes corre em minhas veias, sobretudo, o futebol. Um amante do futebol tanto brasileiro, quanto europeu e ainda sim, do alternativo. Tendo como maior jogador que vi jogar, Ronaldinho Gaúcho e grandes memórias futebolísticas. Estou cursando jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi. Quando criança,sonhava em ser jogador de futebol,mas a vida me planejou outros rumos. Desde então, decidi juntar duas paixões: a paixão por escrever e a paixão pela pelota, e seguir nessa jornada,sempre disposto a trazer a informação de forma correta e apurada ao público. Além de futebol, escrevo e sou comentarista sobre basquete na Rádio Poliesportiva. Instagram: @caiqueribero, Twitter: @CRSousa5

Artigos Relacionados