Coritiba

O Coritiba iniciou a preparação para o duelo contra o São Paulo. O jogo ocorre às 19 horas de sábado(23) no Morumbi e é válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Todavia, com pouco tempo para treinar, o técnico Júlio Sérgio, que substitui Morínigo (com COVID-19), já pensa em alternativas para substituir dois de seus principais jogadores.

O primeiro deles é Sabino. O zagueiro-artilheiro está infectado pelo vírus e ainda cumpre isolamento. Além de não ter jogado contra o Fluminense, não atua neste confronto e pode retornar apenas contra o Grêmio, no fim do mês de janeiro. Para seu lugar, Henrique Vermudt deve permanecer entre os titulares. No ataque, Robson, que foi expulso no último jogo, também não joga. Portanto, Pablo Thomaz e Ricardo Oliveira brigam por uma vaga para atuar ao lado de Neílton. Mas não se destaca uma mudança de posicionamento que abriria mão da presença de um centroavante.

Outros jogadores lutam para também jogar. Rafinha, que sentiu o tornozelo no aquecimento do último jogo, treina sem limitações e pode ser surpresa no time titular. Todavia, diferentemente do ídolo, outros jogadores não devem atuar. São os casos de Maílton, Rhodolfo, Matheus Sales, Mattheus Oliveira, Yan Sasse e Ezequiel Cerutti, que ainda estão entregues ao departamento médico.

O Coritiba está na 18ª colocação com 26 pontos, a sete de sair da zona de rebaixamento. Todavia, depois do jogo contra o São Paulo, faltarão mais seis duelos para definir o futuro na Série A. Portanto, é a hora da verdade.

Foto destaque: Reprodução

Lucca Smarrito
Desde pequeno sou apaixonado por esportes, principalmente futebol. Decidi fazer Jornalismo justamente porque amo escrever e trabalhar nesta área, principalmente a qual eu sonho, seria fantástico. Já participei da cobertura de um jogo da Suburbana de Curitiba em 2019 como comentarista, através de um projeto ofertado pela Universidade, além de ter escrito artigos de opinião e participado dos programas esportivos de rádio do curso. Também tenho uma página no Instagram não oficial sobre meu time. Acredito fielmente na importância do mesmo como um instrumento de inclusão social e fortalecimento de laços dentro da nossa sociedade, bem como a formação do caráter de um ser humano e sua capacidade de apaixonar e socializar. Sou estudante do segundo ano de Jornalismo da PUC-PR e tenho o objetivo e é claro, o sonho, de cobrir grandes eventos do mundo esportivo, tais como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. Sou uma pessoa extremamente dedicada e estou sempre interessado em aprender coisas novas, para adquirir o máximo de conhecimento possível nesta profissão tão incrível como o Jornalismo.

Artigos Relacionados