Coritiba acerta com treinador paraguaio

- Gustavo Morínigo chega com a difícil missão de salvar o Coxa do rebaixamento
Novo técnico do Coritiba Gustavo Morínigo Seleção Paraguaia (Foto: APF)

O Coritiba tem um novo treinador. O paraguaio Gustavo Morínigo acertou contrato de um ano com o clube. A expectativa é que a apresentação dele aconteça ainda nesta semana. Assim, o auxiliar permanente Júlio Sérgio comanda o time contra o Goiás nesta quarta-feira (6) pelo Campeonato Brasileiro.

Morínigo, de 43 anos, vai ter a primeira experiência longe do Paraguai, onde foi eleito por três anos seguidos o melhor técnico do país. Antes, ele teve passagens pelas categorias de base da seleção paraguaia. Além disso, treinou equipes como Cerro Porteño e Libertad. No entanto, a campanha de maior destaque foi o vice-campeonato da Libertadores em 2014 com o Nacional (PAR), que foi superado pelo San Lorenzo.

Como jogador, Morínigo iniciou a carreira no Libertad em 1996 e depois passou por Guaraní, Cerro Porteño, Nacional (PAR), Argentinos Juniors e Deportivo Cali. Ele participou da campanha do Paraguai na Copa América 2001. O ex-meio-campista pendurou as chuteiras em 2011.

O novo comandante terá a difícil missão de livrar o Coxa do rebaixamento no Brasileirão. No momento, o time é o lanterna com 21 pontos ganhos e não sabe o que é vencer há dois meses ou oito jogos. No mais, Morínigo vai iniciar o planejamento para a temporada 2021.

A contratação do paraguaio faz parte do processo de renovação promovido pelo novo presidente Renato Follador, eleito no fim de 2020. Entretanto, o diretor executivo José Carlos Brunoro também participou da negociação.

O Coritiba estava sem técnico desde a saída de Rodrigo Santana, em dezembro. No ano passado, o clube teve Eduardo Barroca e Jorginho como comandantes. Além disso, Mozart e Pachequinho tiveram oportunidades como interinos.

CORITIBA EM SITUAÇÃO DELICADA

A última vitória do Coxa Branca aconteceu na 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, o time paranaense bateu o Atlético-GO por 1 x 0. Desde então, foram seis derrotas e dois empates. A distância para o Bahia, primeiro fora da zona de rebaixamento, é de sete pontos.

Faltando 11 rodadas para o fim do campeonato, o Coritiba tem 93% de chances de voltar para a Série B, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia. Afinal, a equipe precisa praticamente de um milagre para se manter na elite. O clube do Alto da Glória tem o maior número de derrotas no Brasileirão: 16.

Ainda sem contar com Morínigo à beira do campo, o próximo compromisso é contra o Goiás, nesta quarta-feira (6), às 20h30 (horário de Brasília), no Estádio Couto Pereira. O duelo é importante, pois o adversário também está na degola. O Esmeraldino é o 18º colocado com 23 pontos.

Foto destaque: Divulgação/APF

BetWarrior


Poliesportiva


Maycon Santos
Maycon Santos
Sou jornalista formado pela UERJ desde 2015, com passagem pelos sites FutNet e Fanáticos por Futebol e pelas rádios UERJ, Band News FM, Grande Rio, Botafogo Oficial, Fluminense AM e Antena Esportiva. Sempre quis acompanhar eventos esportivos de perto, principalmente futebol. O jornalismo me proporcionou esta oportunidade.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo