O Corinthians, devido a crise financeira, vai apostar na base para a temporada. Assim sendo, a diretoria corinthiana está revendo sobre a renovação dos contratos de Otero, Cazares e Jemerson, que se encerra em junho.

A meta de redução da folha salarial do elenco fez com que os três atletas tenham um possível “final de ciclo” no Timão. A saber, de acordo com o GE, nos bastidores do clube paulista estão usando o termo “racionalidade financeira”, pois se os jogadores forem caros para pagar, o Alvinegro não ficará com o atleta.

https://twitter.com/povotime1910/status/1379752184217227268

SAÍDAS DO TRIO NO CORINTHIANS?

Todavia, a diretoria já consultou, e os vínculos necessitam um alto custo na renovação. Em contrapartida, até o encerramento do Brasileirão, o camisa 10 tinha como certo a sua renovação. O agente André Cury, do Cazares e  Otero, teria uma sinalização de três anos de contrato no equatoriano, mas está sendo analisada.

Contudo, o técnico Vagner Mancini não tem gostado do rendimento do camisa, que não vem sendo colocado no time titular, além de lesões e estar mal fisicamente. Além disso, no caso do venezuelano, mesmo com o gol contra o Retrô FC, não tem demonstrado um bom futebol.

“Ele teve lesão e voltou sem estar como estava. Se não estiver bem fisicamente, em termos de agressividade, de ser vertical, de ter entrega que o torcedor aplauda, não vai jogar. Pode ser quem for. Cazares está acima do peso ainda um pouquinho. Quando recuperar a forma física, tem totais condições de jogar e isso serve para todos os jogadores”, disse Mancini para a Rádio Bandeirantes. 

Por fim, Jemerson fazendo ótimas atuações com o Gil, também não ficará no clube paulista. Com a forte sondagem do Atlético-MG e o alto valor para renovar, o Timão não fará loucuras no mercado. Por outro lado, a equipe poderá fazer contratações pontuais e dar chances para a base.

Foto destaque: Reprodução/Rodrigo Coca/Ag. Corinthians 

Avatar
Juan Camilo
Meu nome é Juan Pablo, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi (UAM). O jornalismo é um privilégio de estar nessa área incrível. Amo futebol, basquete, jogos antigos. Meu objetivo é conseguir ser um dos melhores jornalistas e ser correspondente esportivo.

Deixe uma resposta